sexta-feira, junho 15, 2007

Por Shirlei Horta, da nossa sucursal na Belíndia

Existem muitas maneiras de controlar a informação. Você pode autoritariamente fechar um canal de tv, como na Venezuela, ou, de maneira aparentemente natural, retirar o patrocínio, a veiculação de anúncios....

No Brasil alguém duvida de que isso tem tudo a ver com política?

Pois no final de junho, se não for revertida a situação atual, o site http://www.nominimo.com.br, que reúne jornalistas como Tutty Vasques, Guilherme Fiúza, Pedro Dória, Villas-Bôas Correa, José Paulo Kupfer, Luiz Antonio Ryff, Ricardo Calil e mais, vai fechar por falta de patrocínio.

Sabem qual a média de pageviews/mês deles? Três milhões. A audiência é super qualificada, inclui professores, jornalistas, formadores de opinião, estudantes e tal.

Pois é. Estranho. O IG, que é o portal em que são veiculados, é o patrocinador que dispensa 3 milhões de pageviews/mês. Estamos todos nos mexendo para encontrar uma solução para o problema.

O IG contratou um ombudsman - Mario Vitor Santos, que você encontra AQUI - a quem estamos dirigindo nossas preocupações. Você não acha que esse é um problema de todos nós? Eu tenho certeza que é.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics