quarta-feira, junho 13, 2007

Isso é que dá colocar uma sexóloga como ministra do turismo. “Relaxa e goza” é o conselho que deu aos usuários de transporte aéreo, prejudicados pelos constantes atrasos nos aeroportos.

Sou usuário de avião. Preciso, na maioria das vezes, viajar para vender. Se já é um estresse estar sob o jugo de metas e manter os custos, de vendas, dentro do razoável, imaginem o que é ter que ir para uma cidade no dia anterior para não perder uma reunião. Quando vou a São Paulo, que está a 50 minutos daqui, já não posso marcar nada antes das 11 da manhã, mesmo que o pouso estimado seja às 8 horas em Congonhas. O vôo pode atrasar, ser cancelado ou ainda descer em Guarulhos, lá na casa del carajo. Haja planejamento. E a bosta do (des)governo não me paga esse custo extra.

Continuando, sua verborrágica e falaciosa declaração, a ministra do turismo (sexual) completa, "a responsabilidade é das empresas aéreas que não investem em aviões". E aí entra em ação aquele que é o maior especialista em viagens aéreas, sim ele, o apedeuta. Poeticamente declarou: “Precisamos encontrar um jeito de favorecer os mais pobres a viajar. E aí vou ser sincero: precisamos ocupar melhor o espaço aéreo porque estamos tão próximos, mas tão distantes”. Arremata o delírio dizendo, “turismo não é só dinheiro, é, sobretudo, um estado de espírito. Nós precisamos bulir com o estado de espírito do povo brasileiro”. Vai bulir com o estado de espírito da puta que os pariu. Estado de espírito que mamãe passou talquinho ninguém mete a mão.

Minha sugestão à “ministra” e ao "presidente", baixem as taxas aeroportuárias que sustentam as roubalheiras da Infraero e colocam o custo de deslocamento nas alturas. Reduzam impostos para que a Embraer possa vender seus jatos internamente. E passem pelo que passamos nos aeroportos e concluam se é só “relaxar e gozar”.

Mas, pensando bem, se eu der uma trepada na sala de embarque enquanto espero meu vôo a PF não poderá fazer nada né?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics