sábado, maio 26, 2007

Update - 26/05/2006

Já foram dois, faltam mais dois. E o discurso é sempre o mesmo: "sou inocente", "não sei de nada", "vou processar meus detratores" e a "PF foi imprudente e pirotécnica".


No Norte-Nordeste brasileiro qualquer esquema do porte detonado pela Razorback Operation tem que envolver gente muito graúda. O uso da bancada coletiva estadual para proposição de emendas no orçamento da União, detectado pelo tCU, demonstra bem a profundidade do buraco.

Por exemplo, o ministro Silas Rondeau, seguindo o rito esperado por quem é pego de calças na mão e nega tudo, foi guindado à Esplanada por indicação do senador José Sarney. Sobreviveu à reforma ministerial do segundo mandato graças à renovação do apoio de Sarney.

Essa operação ainda vai enrolar muita gente. Pena que a justissia vai libera-los e acabará em pizza.

Pensando bem, será que, mais, esse escândalo será usado como blindagem para os envolvidos com os esquemas da Infraero e que eventualmente seriam descobertos com a CPIzza do Apagão Aéreo?

(Imagem: Blog do Josias gentilmente incrementada pela amiga Lueji)

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics