domingo, abril 01, 2007

Lendo reportagem sobre Constantino Junior, presidente da (espaço publicitário), na Época Online (sim cometo esse pecado de vez em quando), li um parágrafo que sintetiza o que deve acontecer com o modelo cooperativo proposto pelos socialistas esquerdóides esquisitões comandados pelo pequeno Fidel. ".... A Varig representa um passado glorioso que se transformou num presente fracassado, após anos de má gestão. A empresa que já foi símbolo da pujança econômica brasileira começou a definhar nos anos 90, quando a Fundação Ruben Berta, uma entidade formada por funcionários, passou a administrá-la. De lá para cá, mesmo sendo uma grande empresa privada, a Varig foi conduzida como se fosse uma estatal ineficiente: criou-se uma casta de funcionários privilegiados e uma burocracia pouco comprometida com os resultados financeiros".

Existem inúmeros exemplos de cooperativas bem sucedidas, assim como outros onde a má-gestão levou ao fracasso retumbante. Na Chavezlândia é fácil passar o controle de empresas existentes para as mãos do povo oprimido e explorado. Afinal, contam com cortina de fumaça petrolífera para seu sucesso.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics