sexta-feira, fevereiro 09, 2007

Leio a seguinte manchete no G1:"Paulo Coelho: Somos todos culpados pela morte do menino". O "mago" discorre sobre culpas. Um longo blá-blá-blá oportunista. Que só um "mago" de seu quilate pode produzir. Muito fácil culpar a todos. Culpado são os que acham que o que ele escreve é literatura. Culpado são os que o elegeram para a ABL. E culpado é ele morando em um chateau, bebendo vinho francês e cagando regra.

Eu, sujeito, faço a minha parte. Seu artigo é inoportuno. Não aponta culpas. Não sugere porra nenhuma. Não se engaja. E no mínimo deve sugerir uma passeta pela paz ao invés de pedir justiça para o menino. Tenha vergonha, Sr. Paulo Coelho, tirar casquinha desse fato bárbaro é imoral, abominável e indecente.

Vejam aqui o post em um blog que vai na veia do problema.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics