sábado, fevereiro 10, 2007


Uma reportagem publicada na edição desta semana da revista "The Economist" afirma que poucas vezes a reputação da Câmara dos Deputados do Brasil esteve tão em baixa, destacada pela manchete acima e título desse post.

A pá de cal será a anistia ao Golbery do século XXI, José Dirceu. Ele nega mas a juventude hitlerista apoia escancaradamente o retorno de quem não foi. Em discurso ontem, quando recebeu o mimo que ilustra esse post, declarou: "Oito anos é muito pouco tempo para fazermos a transformação necessária. O Lula é maioria no país, mas o PT ainda não é". Essa declaração preocupante vem, coincidentemente, com o manifesto de alguns deputados do PT, que defenderam o direito do molusco de convocar plebiscitos sem a autorização do Legislativo. Teríamos então um segundo imperador na américa latrina.

Um contra ponto é o movimento do grupo ligado ao Tarso Genro. Aparentemente, apesar das habituais colocações de esquerda, apresenta muito mais ponderação no que diz respeito ao futuro do país. Afirma que tem que ser respeitada a tradição democrática e não-autoritária da sociedade brasileira. Espero que sim.

Temos que acompanhar de perto essa movimentação. E viva o "The Economist".

(vou cobrar direitos autorais pois chamar a casa do povo de chiqueiro é idéia minha ehehehehe

Update - 10/02/2007

Clodovil vai decorar gabinete na Câmara com cobra naja de metal. Por que não estou surpreso?

Tem post novo do esotérico Heitor Caolho.

Não deixem de ler o blog do Movimento Evolução. Participem do fórum, cliquem aqui

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics