quinta-feira, janeiro 04, 2007

Como o Brasil é o Brasil nada mais coerente que, na pocilga, se produzisse essa bizarrice de suplente assumir no último mês de mandato. E ainda por cima ganhar uma baba. O pior foi ver um deles na TV dizendo que queria trabalhar. Estão de sacanagem.

Como não puderam enfiar mais fundo a faca tributária, os governadores se tocaram que precisam cortar gastos. Santa descoberta, Batman! Bem que o (des)governo federal podia seguir essa cartilha.

E como somos exportadores de factóides conseguimos que a Bolóvia adotasse uma medida altamente benéfica e exemplar para seu orgulho nacional. De ora em diante, os estadunidenses, que quiserem circular pelo país, terão que requerer visto. Tipo reciprocidade. Já vimos este filme e sua obsoleta aplicação. E pensando bem, que tipo de sobrinho do Tio Sam ia querer andar pela terra da cocaína?

PS: Esqueci de mais alguma bizarrice tupiniquim?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics