sábado, janeiro 06, 2007


Mesmo com uma safra recorde de cana de açúcar os usineiros os preços do álcool combustível estão subindo, dizem os usineiros que preço do álcool é determinado pelo mercado. Se me lembro bem, ano passado ou retrasado, o (des)governo foi à mesa de negociações forçar uma baixa do produto os bravos e compreensivos produtores colaboraram e baixaram R$ 0,03 no valor. Realmente uma bela redução.

Mas uma coisa me intriga. Quando os usineiros deixaram os negociadores petistas com a brocha na mão, o (des)governo baixou o percentual de álcool na gasolina. Daí houve essa safra volumosa. Por que o preço sobe? Não há estoques? Não houve planejamento?

Nada como um mercado isento não?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics