terça-feira, janeiro 09, 2007


Quando pensamos que já vimos de tudo que nossa justissia poderia produzir em bizarrices eles se superam. Como diz a Saramar, no país do correto, do ético e do honesto, só aqui mesmo para um sujeito, que me recuso a chamar de juiz, dá uma liminar para que nós brasileiros não possamos acessar o You Tube. De qualquer forma, a cagada está feita. Em ambos os sentidos. Ficamos sem o You Tube e a Cicarelli tem seu vídeo pornô espalhado por milhares de sites em todo o mundo. De qualquer forma, essa exposição na mídia só deve estar fazendo bem a carreira da aspirante a pornstar. Será que ela quer seguir os passos do Alexandre Frota, da Gretchen e da Rita Cadillac? Será que veremos ela atracada com outra mulher? "A Primeira Vez de Daniela". "Beach beaches 69". Gostei do dano colateral...

Li que há um movimento para boicotarem produtos e marcas, além da MTV. Acho bem válido. Inundar os sites e centrais de atendimentos, dos anunciantes que usam essa deslumbrada como porta-voz, pedindo o cancelamento de seus contratos seria um show. Tomaram que consigam.

Que tal uma blogagem coletiva? (ahahahahahahaahahahahah)

Update - 20:21

Pelo jeito a justissia cega viu a asnice que cometeu e "deu pra trás". Pena que não tinha o Motumbo para empalá-la. Li no Hank que muitas bandas precisam do site para divulgar seu trabalho. Não seria então um motivo para que estas bandas processassem a Cicarelli? É só uma idéia.

PS: Por falar em idéia. A blogagem coletiva deste assunto é zoação.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics