sexta-feira, dezembro 29, 2006

Não resisti nem um mísero dia. Quando eu digo que o Brasil é realmente um país pródigo em bizarrices ninguém acredita. E o que é pior, perdem excelentes oportunidades de tirarem um sarro com nosso ilustre e intrépido (des)governante. Antes de mais nada quero fazer referência aos gastos com a festa de re-posse. Como se fosse importante, ou necessário, gastar uma baba preta (ok, vá lá.. cinza) com isso. A Santa e a Lene fizeram uma bela análise do assunto em seus blogs. O que me chamou a atenção foi que o PT vai dedicar parte da grana à, à, isso mesmo, propaganda. Mas propaganda do que, Batman? Sim, propaganda da festa, é óbvio ululante. Como se ninguém soubesse, digo os petralhas, que a posse será no dia 1º de janeiro de 2007, em Brasília.

Realmente eles estão de sacanagem.




Pode parecer piada mas é. A frase título sintetiza, de modo cabal, a ignorância que sagra a "terra brasilis". Ignorância esta que levou a re-eleição do apedeuta molusquiano. Mas não vou fazer uma retrospectiva dos fatos e fofocas do ano de 2006. Deixo isso a cargo da Globo e da Caras. Além do que, existem blogueiros muito mais competentes do que eu para resumir a barbárie que foi este ano.

2006 foi um ano duro de engolir. No campo pessoal fui do inferno ao céu. Em alguns aspectos ainda ando abraçado com o diabo. No dia 1º deste ano acordei doente e até hoje estou sob tratamento. Um saco. Mas muitas coisas boas aconteceram. Continuei com o "Indignatus", que não pretendo terminar tão cedo. Afinal, o cotidiano brasileiro é pródigo em temas interessantes para serem sacaneados. Continuei com o "Juarez". E que, se Oxalá quiser, o transformarei em livro. (pausa: quem quiser me ajudar indicando alguma editora será muito benvindo). E descobri um lado meu, graças a Rose e a Saramar, que não conhecia. Uma alma de poeta. Foi realmente uma surpresa começar o "Cor da Letra".

Fortaleci a amizade com pessoas que não conheço. E conheci, virtualmente, outras fantásticas. Inúmeras mesmo. Que tenho o privilégio e o prazer de ler quando posso.

Não desejarei boas entradas. Desejo sim que cada dia de 2007 seja uma pequena vitória. Que a cada dia vocês sejam bem sucedidos. Que seus desejos se realizem. A cada dia. Que as saudades dos que se foram se tornem boas lembranças e bons exemplos. Que superem suas angústias. A cada dia. Que se fortaleçam na adversidade. Que se deleitem com a bem-aventurança.

Aos meus amigos blogueiros e aos que somente me visitam, minha saudação sincera.

quinta-feira, dezembro 28, 2006


Me recuso a traduzir os textos que escrevo para o nível de vocês. Se não sabem ler ou interpretar um texto voltem a estudar.

quarta-feira, dezembro 27, 2006


Li no G1 duas notas interessantes. A primeira diz respeito à dura realidade do tapa-buraco terrestre. O T-CU identificou que 69% (número cabalístico não?) dos trechos que foram alvo da operação, inusitada e sem-licitação, de reforma das estradas federais estão em estado ou péssimo ou regular. Os problemas, apontados pelo T-CU, são muitos: falta planejamento para as obras, os contratos são freqüentemente superfaturados, falta fiscalização e punição para os desvios, além de não haver prioridades definidas para os investimentos. Que a operação tapa-buraco era um desvio, que aliás é a tônica do atual (des)governo, todos sabiam. Quero ver agora se haverão punições. A brincadeira toda custou quase R$ 5 bilhões. Mas valeu a re-eleição. No caso acho que foi a operação tapa-buraco das contas correntes e fundos de investimentos de certos personagens.

A segunda nota diz respeito ao tapa-buraco aéreo. O CAN vem se arrastando há quase 3 meses. Como agora a TAM, queridinha do PT, exagerou na dose e meteu os pés pelas mãos vai sofrer sanções. Como li, lá no S.O.B.R.E.T.U.D.O, o que mais me emputece é que quando a VARIG estava combalida não houve a mesma boa-vontade oficial com os passageiros que ficaram espalhados pelo Brasil. Realmente deveriam entregar o prêmio nobel de incompetência ao matusalêmico ministro da defesa e ao "cu-mpanhero" presidente da PANACA.

PS: Hoje não estou muito inspirado ahahaha

terça-feira, dezembro 26, 2006

Há dois anos atrás ocorria uma tragédia, de proporções épicas, que se abateu sobre o sudeste asiático. Um dia onde mais de 300 mil pessoas morreram e milhões ficaram desabrigadas. Um conhecido morreu e já postei aqui anteriormente sobre o assunto e não vou tomar o tempo de vocês descrevendo minha saga para tentar ajudá-las, mas resumindo, no dia 27/12/2004 comecei a me mobilizar nesse sentido. Vivenciei situações bizarras e kafkanianas. Entre elas:

a) Ausência de comando no governo do estado de Santa Catarina por ocasião das festas de fim de ano: não encontrei uma pessoa que tivesse autoridade para liberar a Defesa Civil nesse movimento;

b) A Cruz Vermelha Brasileira não podia receber donativos em produtos, apenas em dinheiro, pois não tinham como transportar até o local, situação bizarra considerando que o dinheiro arrecadado nos países ricos poderiam ajudar a financiar do envio destes donativos;

c) O Gabinete de Segurança Institucional (GSI), órgão público destinado a este tipo de ação interna e externa, que apesar de se mobilizar (vejam os e-mails abaixo) não fez porra nenhuma, como podem ver neste link.

E-mail de 05/01/2005

Prezado Ricardo

O espírito de solidariedade que você demonstra é excepcional. Entenda que o Governo Federal está próximo de tomar importante decisão a rspeito da coleta, armazenamento, triagem, embalagem e transporte.
De modo algum você está sendo chato.
Peço que aguarde posição oficial do Governo Brasileiro e, então, poderá usar toda sua capacidade de gestão, de planejar e de colaborar com ações objetivas e e com metas definidas, tudo com a finalidade de ajuda humanitária.Mantenha contato, ok?

E-mail de 07/01/2005

Prezado Ricardo

O Presidente da República decidiu que as Forças Armadas - Exército, Marinha e Aeronáutica - estarão recebendo o material que já foi coletado pelas instiuições, população em geral, ONG's, etc. O Ministério das Defesa deve estar orientando as Forças a respeito. Posteriormente, o material será transportado para a área afetada pelo maremoto pela Marinha Mercante e aviação comercial.


Toda a inércia e incompetência, deste (des)governo, apareceram neste episódio, pelo menos no meu ponto de vista. Um dos argumentos à época é que era muito caro mandar os donativos. Coisa de US$ 15.000,00 por viagem de avião da FAB. Que a coisa toda custasse uns US$ 600 mil, pouco mais de R$ 1.700.000,00, troco perto da roubalheira que se descobriu posteriormente. E mesmo que não a houvesse não ia representar nada se o (des)governo Lula realmente quisesse ser o líder em relação a fome no mundo (quer exemplo melhor do que esse para se projetar?). Vão entender de marketing internacional assim lá em Brasília.

Tenho, porém, que fazer a ressalva em relação a duas pessoas que, apesar de estarem com as mãos atadas, me ajudaram a descobrir o caminho no meio da burocracia medonha: Um major da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina e o sub-comandante da Base Aérea de Florianópolis (infelizmente não lembro os nomes mas fica o registro). Foram excepcionais.

Destaco também a força dada pelo editor do Diário Catarinense, Giancarlo Baraúna, e sua equipe de repórteres, que se prontificaram a divulgar a campanha, caso fosse adiante, e que publicaram matéria na edição de 05/01/2005.

Me senti um inútil, um merda mesmo. Mas no final das contas fica o exemplo de solidariedade. Meu irmão conseguiu mobilizar uns amigos e compraram tabletes de purificação de água suficiente para atender 10 mil pessoas por um mês. Deve estar sendo usada em alguma piscina de algum político desgraçado no meio desse Brasil.

segunda-feira, dezembro 25, 2006


Se o CAN deste natal foi causado por excesso de passagens além da capacidade dos aviões, alguém, por favor, me explica como é que vão fazer para trazer de volta quem foi e, ainda por cima, levar quem está indo viajar no ano-novo?

Eu já vi sujeito incompetente mas esse presidente da PANACA é prêmio Nobel.

sexta-feira, dezembro 22, 2006

Tenho aversão a passeatas pela paz. Imagino um bando de ovelhas marchando implorando aos lobos que não as devorem. Fico indignado. Por que não pedem ética no trato com a coisa pública ou leis que sejam seguidas ou o fim da impunidade? Não, só paz. Mas, como o ser humano é muito criativo, um casal de velhinhos apareceu com uma nova forma de lutar em prol do bem-estar da raça humana. Li, no blog "Aqui não, Genésio", sobre um tal "Dia do Orgasmo" (leia o post aqui). Vieram várias questões na minha cabeça:

- O dia escolhido é hoje, 22 de dezembro. Por que não no dia 25, natal, quando pelo menos 1 bilhão de seres humanos estarão com aquele enorme espírito fraternal? Não teria mais efeito?

- Como dia 22 é uma sexta feira, dia útil, como ficamos nós, brasileiros, se a hora marcada for dentro do horário comercial? Como convencer o chefe que temos que sair para dar uma bimbada em prol da humanidade? E se não? Praticar o esporte de Ona no escritório da empresa, está valendo?

- Conforme as sagradas leis do Islã, o sujeito pode ter até 4 mulheres desde que todas tenham os mesmos direitos entre si. E se todas quiserem aderir? O sujeito poderá ser punido por não atendê-las? O mesmo vale para os católicos. Pelas sagradas escrituras adultério é pecado. Se a pessoa resolver dar aquela força com o(a) amante, conta ou não? E os judeus? O sabbath começa na sexta feira ao aparecer a primeira estrela no céu. Não conheço bem este particular, da religião judáica, mas se transar no sabbath for proibido, eles não estariam sendo discriminados caso o horário coincida?

E, por último, se o Lula resolve assinar um decreto nesse dia, no mesmo horário, ferrando (para não falar palavra feia eheheh) com a vida de todos nós brasileiros, o fato de que mais de 40 milhões de petralhas terão orgasmos, vale?

UPDATE

Hoje é o dia. Em enquete no site do Terra 66,21% das pessoas responderam que vão dar umazinha pela paz, 15,02% não poderão por motivos diversos e 18,76% não sabem o que diabos é orgasmo. As questões acima estão ainda valendo.

O Serjão pediu maiores detalhes sobre regulamentação. Bom, não sei dizer sobre os idealizadores desse movimento siuncronizado. Mas, se eu fosse o idealizador, não colocaria regra nenhuma..

quinta-feira, dezembro 21, 2006

Já que os nobres representantes do povo ficaram com a brocha na mão resolveram contra-atacar o poder judiciário que, em um lampejo de lucidez, bloqueou a manobra imoral dos salários na pocilga. "O clima de revanchismo permeou a sessão da Câmara na noite de ontem, quando foi discutido o aumento salarial dos parlamentares" (fonte Folha Online).

Enquanto isso, Zeca do PT, Governador de Mato Grosso do Sul, conseguiu um benefício vitalício e mensal de R$ 22,1 mil. Emenda à Constituição do Estado foi um pedido do petista a deputados. Interessante notar que só no Brasil esquerdistas, contrários ao capitalismo e às leis de mercado, gostam tanto de grana. Né Aldo Rebelo?

Outra bizarrice foi a diplomação do deliquente Juvenil. O sujeito é acusado de um monte de falcatruas e golpes e, mesmo assim, o TSE vai lá e finge que não é com eles. No mínimo deveriam segurar a diplomação até a conclusão dos julgamentos criminais (sim no plural).

O anúncio do reconhecimento do segundo milagre de frei Galvão foi recebido com festa em Guaratinguetá. Além de ser a cidade natal, daquele que em breve se tornará o primeiro santo genuinamente brasileiro, há a expectativa de que a canonização de frei Galvão coloque de vez o município no mapa do turismo religioso, um dos mais promissores e lucrativos do país. Imagino um derrame de falsas pílulas milagrosas etc. Está fora do âmbito político mas não deixa de ser uma puta sacanagem. O inferno os aguarda.

À todos que apoiaram e participaram da blogagem coletiva de protesto contra o bizarro, estapafúrdio, imoral e incrível aumento do salário, dos nossos nobres representantes, meus sinceros agradecimentos.

Acredito que a repercussão foi grande e, juntamente com outras iniciativas virtuais e reais, alcançamos o objetivo. A decisão ficou para a próxima legislatura, o que significa que devemos manter o olho sobre a pocilga.

Para fechar o assunto, por enquanto, preciso destacar a incrível a cara-de-pau de alguns, como por exemplo o líder do PT, ao proferir duas pérolas: "Os 91% de reajuste estão comprometidos, perderam força. Isso é bom, ajuda na credibilidade do Parlamento". E "A bancada do PT vota contra, seja qual for o dia". Durma-se com um barulho desses.

Saúdo a todos, inclusive aqueles que não estando no Brasil foram solidários. Como nossos amigos portugueses e italianos. E também à comunidade brasileira no Canadá através do site Achei.

Meu muito obrigado.

quarta-feira, dezembro 20, 2006



Hoje protestamos contra o aumento imoral auto-aplicado por uma súcia de dePUTAdos, que se auto-intitulam representantes do povo, em seu próprio benefício próprio, somente deles mesmos. Esse ato é o fechamento, com chave-mestra de ouro, da pior e mais venal legislatura que já ocupou aquela casa de leis. A palavra final, e epitáfio, daquela pocilga só poderia ser uma:

Escárnio.

A boa notícia é que ao menos, por força do STF, essa barbaridade vai para plenário para voto aberto. Quem terá peito de aprovar? Vejo centenas desses engajados e conscienciosos cidadãos ao microfone: "Pelo Brasil, pela democracia, pela minha mãe que ainda é viva e não merece ser chamada pelo nome que a estão chamando, voto Não!!".

E, para variar como sempre, o apedeuta não sabe de nada e, o que é mais grave, não se manifesta. Parece Nero olhando Roma pegar fogo enquanto enche o bucho.

Apoiam ou são participantes deste protesto além da maioria dos meus amigos linkados ao lado os seguintes indignados:
PS: Como disse meu amigo Everson esse valor de R$ 24.500,00 não é teto. É abóbada 9ou domo o que preferirem).
PS2: Narizes com o nosso grande capitalista S. Davi. ele é o responsável pelo empurrão no protesto.

segunda-feira, dezembro 18, 2006


Lembrando que dia 20/12, quarta-feira, tem blogagem coletiva. Antes tarde do que nunca. O tema é "Não somos palhaços. Aumentem sua carga de trabalho, não seus salários". O lance será colocar uma foto de seus avatares, ou de vocês próprios, com nariz de palhaço. O Davi do "Aqui não, genésiuo" gentilmente está colaborando com os narizes. Abriu uma empresa, a Narizobrás, que está de vento em popa e, atualmente, até para Portugal exporta.

O email que mandei deu xabu, ou chabu. Todos os endereços dos nobres dePUTAdos e $enadore$ voltaram. Deve ser sobrecarga.

Então pessoal, quem for colaborar com essa singela e, por enquanto, pacífica campanha deixe seu "eu vou" e endereço no comments para que ao final eu possa linkar todos no post.

PS: Vi uma reportagem irada na Band baixando o sarrafo no aumento e no congresso. To quase achando que a Suze tem razão.... Soube que em Santos fizeram o maior auê com apitaço e narizes em profusão.

sábado, dezembro 16, 2006


Para: dep.aldorebelo@camara.gov.br, renan.calheiros@senador.gov.br, dep.cironogueira@camara.gov.br, dep.jorgealberto@camara.gov.br, dep.lucianocastro@camara.gov.br, dep.josemuciomonteiro@camara.gov.br, dep.wilsonsantiago@camara.gov.br, dep.miroteixeira@camara.gov.br, dep.sandrarosado@camara.gov.br, colbertmartins@camara.gov.br, dep.bismarckmaia@camara.gov.br, dep.rodrigomaia@camara.gov.br, dep.josecarlosaleluia@camara.gov.br, dep.sandromabel@camara.gov.br, dep.givaldocarimbao@camara.gov.br, dep.arlindochinaglia@camara.gov.br, dep.inacioarruda@camara.gov.br, dep.carloswillian@camara.gov.br, dep.marioheringer@camara.gov.br, dep.inocenciooliveira@camara.gov.br, demostenes.torres@senador.gov.br, efraim.morais@senador.gov.br, tiao.viana@senador.gov.br, neysuassun@senador.gov.br, dep.beneditodelira@camara.gov.br, ideli.salvatti@senadora.gov.br
Data: 16/12/2006 06:25
Assunto: Protesto


Aos nobres representantes do POVO

Já é ruim saber que trabalham apenas 3 dias na semana. Já é péssimo adotarem práticas corporativas que protegem mensaleiros e sanguessugas. Mas votarem pelo aumento de quase 100% de seus próprios salários, quando nenhuma meta de crescimento econômico do país foi atingida graças ao descaso de vossas excelências com as votações de projetos tão importantes, é além de qualquer coisa que eu podia imaginar.

Votei na excelentíssima senadora Ideli Salvati para ter o desprazer de vê-la se alinhar com o que há de pior na política brasileira e, como representante do partido supostamente dos trabalhadores, votar nessa bizarrice.

Perguntem-se, nobres representantes, o que aconteceria com o trabalhador brasileiro se este fosse ao RH de sua empresa exigir que seu minguado salário fosse equiparado aos dos diretores de onde trabalha.

Escárnio. Esse é o epitáfio da pior legislatura que já passou pela casa do povo.

--
Ricardo
Florianópolis, Brasil
http://indignatus.blogspot.com

PS Indignatus: Provavelmente todos os emails enviados aos congressistas acima estão sendo deletados, sem serem lidos, por algum aspone. Pelo menos estão fazendo jus a porra do salário que recebem.

Estou lançando a campanha "Não somos palhaços. Aumentem sua carga de trabalho, não seus salários". Penso numa blogagem coletiva com nossos avatares com nariz de palhaço no dia 20/12. Espalhem.

sexta-feira, dezembro 15, 2006


Tem post novo lá no Juarez, o Cabrito Montês. Uma homenagem ao amigo Kafé.


Vinte e seis parlamentares foram responsáveis pela decisão de equiparar os salários dos deputados e senadores com os dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Entre eles nossa magnânima, oportunista, catarinense e histriônica $enadora peti$ta, Ideli $alvati. O (des)governo evitou criticar diretamente o aumento. O presidente molusquiano, por exemplo, disse que não sabia ainda do reajuste (ahahahah novidade....). "Eu não sei, minha filha. Você faz uma pergunta de coisa que eu não sei o que aconteceu", disse.

Na cerimônia de diplomação, que o levou às lágrimas, o apedeuta declarou que o Brasil "perdeu o bonde" do século 19 e 20 e que não pode fazer o mesmo, isto é, "perder o bonde" no século 21. "O Brasil precisa deixar de ser uma eterna promessa", afirmou ele. Está explicado o nosso atraso. Enquanto formos de bonde não iremos chegar nunca a lugar nenhum. E pior que nem de avião dá para ir.

quinta-feira, dezembro 14, 2006


E não é que os dePUTAdos se aumentaram para os R$ 24.500,00. Claro que eu ainda duvidava desse descalabro, mas daquele chiqueiro que se transformou o congresso nacional só poderia sair uma porcaria dessas.


Uma semana pródiga em notícias. Difícil comentar os acontecimentos quando se está meio fora de órbita. Mas vamos fazer um resumo:

Notícia irrelevante: Leilão do piercing clitoriano da Karina Bachi tem suposto lance de R$ 8 milhões. Com essa grana qualquer um fica bonito. Logo, pagando a hora mais cara de uma garota de programa, muito parecida com ela, daria pra ter umas 8 mil sessões de sexo explícito total. Tolice. Só se a pessoa que supostamente ofereceu esta montanha de grana tiver tara por cheiro. Já pensaram se a galisteu dela for igual a da Adriane? Por que o (ou a) cretino(a) não pega essa grana e doa parta algo mais nobre? Por exemplo, a ONG ARACSF precisa muito dessa ajuda.

Frase (gentilmente cedida pela Je do Lugar Gostoso): "O IBAMA PROIBE FAZER BOLSA COM COURO DE JACARÉ, MAS NENHUM ORGÃO REPRIME A CONFECÇÃO DO BOLSA FAMÍLIA COM O COURO DA CLASSE MÉDIA!"

Noticia irrelevante II: HH chora ao se despedir do senado.. claro, acabou a mamata....

Notícia relevante: Só o Lula acha que conseguiremos 5% de crescimento ano que vem. Na melhor hipótese uns 4%, e olha lá. Isso é que dá ter a boca maior do que devia. Aconselharam a ele que daqui pra frente não cite números. Assim não será pego de surpresa.

Notícia relevante II: A CPMF ajuda em R$ 32 bilhões os cofres públicos. De provisório a permanente sem falart que essa grana toda vai para o saco sem fundo. Não para onde estava destinado. E a gente que se dane.

Notícia indignante: O matusalêmico ministro da defesa reclama de seu parco salário. Então caro ministro, pegue seu boné e dê oportunidade a alguém competente que justifique pagar um salário melhor.

Notícia pra lá de indignante: Nossos nobres dePUTAdos estão, na calada da noite, se articulando para aumentarem seus vencimentos para R$ 24 mil. Essa filho-da-putice não pode acontecer. Seria o escárnio final conosco.

terça-feira, dezembro 12, 2006

Pessoal, estou meio indisponível esses dias por motivo de viagem a trabalho. Além do CAN ainda estou sem acesso continuo e facilitado aos blogs amigos.

Outra coisa, a disgrama do blogger beta está de sacanagem comigo pois não consegui postar nenhum comentário como, por exemplo, no Blog do Cejunior . Então peço desculpas antecipadas se a infeliz versão tiver colocado inumeros coments iguais.

Um amigo, Paulo Zanin, se empolgou e fez umas laminas para ilustrar a a história do Juarez e o resgate da princesa Penélope. Dizer que ficou genial é pouco. Valeu, Paulo. Publico mais tarde no Juarez.

domingo, dezembro 10, 2006

Apesar da morte do ex-ditador chileno me recuso a, sequer, fazer um epitáfio sacaneando. O cara era um bom filho-da-puta e morreu tarde. Que o demônio, na sua forma mais maligna, o receba de braços abertos.


Li, em vários blogs, reclamações contra às constantes viagens do intrépido líder molusquiano à África. O que estaria por trás de tanto gasto de tempo? Finalmente o mistério se revelou. Graças ao CAN conseguimos nos igualar ao continente africano no que diz respeito à segurança aérea. Empresas estrangeiras estão orientando seus pilotos que adotem as mesmas medidas que utilizam por lá. Como também o (des)governo se omitiu, no caso do genocídio do Sudão, talvez por considerar que a guerra urbana brasileira é muito mais violenta, só faltam pararem de produzir camisinhas.

sábado, dezembro 09, 2006


Nada como autoridades serem assaltadas. No Rio, após o ataque ao supremos juízes, não só mataram dois dos bandidos rapidamente como colocaram patrulhas na linha vermelha. Dois cidadãos que ganham R$ 24.000,00 por mês fora os benefícios. A PF recomenda que autoridades em viagem requisitem segurança extra. O resto da população, a que ganha salário dentro da pobre realidade nacional, paga impostos e sofre com as balas perdidas, não recebe essa consideração.

Lula, em Cochabamba e sob efeito da altitude bolóviana, declarou que o CAN está superado. Pelo menos foi sincero. Disse que por problemas técnicos nunca mais haverão transtornos nos céus brasileiros. Os outros problemas. Bom, são outros problemas.

sexta-feira, dezembro 08, 2006


Fui postar um singelo comentário no blog do Dr. Ilton e, para minha surpresa, o UOL devolveu, na telinha do comments, a seguinte nota: Atenção: "Seu IP 200.157.224.30 foi guardado para o caso do UOL precisar tomar as medidas judiciais cabíveis por mau uso do sistema.". Conhecendo o caso da irmã da Alcinéa, que teve seu blog retirado do ar no caso "Xô, Sarney", está me parecendo uma intimidação e, possível, censura por parte deste bravo e impoluto defensor da democracia.

Com a palavra meus amigos juristas.

Update

O Dr Ilton teve a gentileza de explicar quais as implicações jurídicas desta nota mal-criada.

quinta-feira, dezembro 07, 2006


Li, no blog do Davi, a respeito da teoria do mínimo carta a respeito do caos aéreo nacional - CAN. Na admiração que este sujeito tem, pelo matusalêmico ministro da defesa, insinua que tudo não passa de um suposto golpe dos militares para desestabilizar o dilúvico chefe no momento em que há um troca-troca de gabinete. Como sempre uma pérola da sabedoria italiana.

Teoria por teoria apresento então a minha. O jurássico comandante das hostes militares foi indicado por ter exatamente a qualidade que se espera de um (des)governante petista. Completo e total desconhecimento dos fatos. Considerando que Hugo Chavez, cujo avião pousou dentro do horário previsto, almeja a conquista da latrino-américa pelas armas, a existência de um cego-surdo-mudo (com todo respeito aos portadores de necessidades especiais aqui descritos) no comando das belicosas forças brasileiras seria perfeito. A Venezuela invadiria o Brasil e Waldir "O Homem que conheceu Adão" Pires só se daria conta quando entrassem no seu gabinete em Brasília. mínimo carta defende a permanência do ministro por estar macomunado com os obscuros poderes bolivarianos.


(Este post é dedicado a todos os fãs do inesquecível Maxwell Smart - o Agente 86 e sua luta incansável contra as forças da Kaos)

quarta-feira, dezembro 06, 2006


PQP, VTNODC. Externando minha indignação, e olha que nem tive que viajar, com a absoluta confusão causada por uma cambada de ineptos. A ANAC deveria se chamar PANACA - Palhaços da Agência Nacional de Aviação Civil Abobados. O seu presidente é de uma incompetência a toda prova. Isso que dá colocar "cumpanhero" em cargo de responsabilidade.

Volto a dizer, não é possível que o sistema, que monitora todo o espaço aéreo nacional, não tenha contingenciamento para casos de panes, motivo alegado para o apagão. No mínimo é de uma irresponsabilidade sem nome. No máximo, desviaram grana. E as companhias aéreas não estão preparadas, conforme palavras de Tacho Genro (copyright Dr Ilton), para atender este tipo de situação. Mais uma de inúmeras asnices proferidas por este nobre ignóbil.

E quem irá se responsabilizar pelo transplante não realizado em uma criança?

PQP, VTNODC!!!!!!

PS: Em Floripa o aeroporto ficou sem luz hoje ao meio-dia. MENTIRA!!!! Na segunda-feira pela manhã já estava sem luz. Caraio, será que nem gerador este cretinos compraram?

PS2: Sabotagem, hipótese ridícula.


Todos devem estar acompanhando o caos que se instalou nos céus turbulentos do Brasil. O mais grave nessa panacéia é constatar que a segurança do espaço aéreo nacional está comprometida. Se os CINDACTAS controlam tanto o tráfego civil quanto o militar não tenho dúvidas que, o segundo, também está seriamente comprometido. Não temos um buraco no radar. Temos uma peneira. O que me leva a pensar sobre pra que serve o SIVAM.

Fica a impressão que existem duas correntes, na FAB, em conflito. A primeira, a dos brigadeiros negros, é política e diz que está tudo bem. A segunda, dos brigadeiros brancos, que é operacional, clama por investimentos pois conhecem a fragilidade do sistema. E o ministro da defesa e o presidente da ANAC, dois inúteis, não ajudam em nada.

O caos que se instalou a partir de ontem nos aeroportos é uma prova cabal de que estamos muito longe de ter a infra-estrutura necessária para pensar em crescimento. Compromete a meta de 5% do ano que vem, fácil, fácil. E o molusco está preocupadíssimo com isso.


Update

Interessante notar que o apagão de ontem foi causado por defeito no equipamento que faz a comunicação entre os pilotos e os controladores, obrigando a estes últimos a tomarem medidas de emergência. As perguntas que não querem calar: Em se tratando de segurança de tecnologia, será que o sistema não tem contingência? Se falha não tem outro que assume? É o básico... Se não tem, será que alguém desviou a grana?

terça-feira, dezembro 05, 2006

Pegando carona no post do Walter Carrilho sobre a máquina de lipo da Preta Gil incansavelmente procurei, infindáveis pesquisas realizei e, finalmente, encontrei o local onde será armazenado a banha da baleia. Descobri que vão utilizar o oleoduto trans-siberiano para levar tudo até o local.




Pessoal, convido-os a visitar o blog "Lata Mágica" do William e Odilene. Eles tem um projeto super legal em Recife. E estão completando um ano de blog com uma retrospectiva irada de seu trabalho. Vida longa a vocês.

Update

Pessoal, muitos tem reclamado sobre não conseguirem acessar o blog deles. O mesmo aconteceu com a Cor da Letra quando quis publicar muitas imagens. Aparentemente o blogger trava. No meu caso só resolvi deletando algumas fotos. Vou avisá-los.

Realmente o ex-ditador chileno é imorrível. Nem com ajuda do Hugo "Vomito" Chávez o sujeito empacota. O pior é a igreja se prestar ao papel de encomendar a alma do sujeito ao inferno e não dar em nada.


A Daslu fez aquele escarcéu quando inaugurou um templo de consumo irreal. Sob uma agressiva campanha de marketing jogou na cara de milhões de brasileiros que não valíamos nada. Estacionamento ao preço de um tanque cheio. Milhares de seguranças. Lojas que vendem apenas para a fina flor dos abastados. Vendedoras ganhando tanto quanto juizes. Enfim, um escárnio.

Admito que fiquei puto. Mas para surpresa de todos, mas não para quem tem um mínimo de entendimento das coisas da vida, descobriu-se que a Daslu estava envolvida em um esquema de sonegação milionário. E óbvio, um investimento daquela envergadura US$ 200 milhões, só poderia ser pago com muita falcatrua.

Hoje leio, no Terra, que após sucessivas crises colocaram o tal "templo" à venda. Não pagam aluguel há mais de ano. Nem as multas decorrentes dos processos em que se meteram. Processos? Deveriam era prender essa quadrilha, coisa absolutamente estranha de não ter acontecido.

O mais bizarro é que ao final de tudo isso a dona irá vender seu negócio e ainda sairá com uma bela grana na mão. E viva o petismo.

segunda-feira, dezembro 04, 2006


Só no Brasil funcionários públicos legislam em causa própria quando se diz respeito às benesses e direitos. Começando pelo legistativo e rolando ladeira abaixo pelos "podres poderes" nacionais do Brasil. "Os integrantes do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) aprovaram hoje proposta de resolução que equipara o teto salarial dos integrantes dos Ministérios Públicos Estaduais --hoje, em R$ 22.111-- ao valor máximo pago aos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), de R$ 24.500". (fonte Folha Online)

Só para constar este conselho tem por atribuição o controle da situação administrativa e financeira do Ministério Público, tendo sido instalado em junho de 2005. É composto por 14 membros, entre o procurador-geral da República, quatro membros do Ministério Público da União, três membros dos Ministérios Públicos Estaduais, dois juízes (um representante do STF, outro do Superior Tribunal de Justiça), dois advogados e dois cidadãos de "notável saber jurídico" (um indicado pela Câmara e outro pelo Senado). No mínimo já tem 4 malandros mamando aí.

Você, nobre contribuinte assalariado, vá ao seu chefe e diga que seu salário agora é equivalente ao do presidente da empresa em que trabalha e veja o que acontece.

E, enquanto isso, Mantega prevê dificuldade para aprovar mínimo de R$ 367 no Congresso...

Hugo "Vomito" Chávez se reelege na Venezuela. Sua vitória é decorrente do apoio entre os mais pobres do país por meio de programas sociais multibilionários, que incluem subsídios para comida, universidades gratuitas e verba assistencial para mães solteiras. Anunciou o acirramento do processo socialista, com a distribuição das riquezas do petróleo aos mais pobres. E, pra variar, xingou Bush. E agora deve se encontrar com nosso intrépido líder. para tratar do que não se sabe. Ou se sabe?

Pinochet, o imorrível ex-ditador chileno, teve um ataque do coração. Está em estado gravíssimo e já recebeu a unção dos enfermos, um passo para a cova. O que me chama a atenção é existir algum padre para encomendar a alma desse maníaco. Dizem à boca pequena que este enfarto foi ocasionado pela re-eleição do ditador venezuelano. Pelo menos pra alguma coisa o sujeito serviu.

(a imagem que gostaria de colocar aqui é imprópria para todas as idades)

sábado, dezembro 02, 2006

Como bom e invonlutário contribuinte sou tungado numa grana preta pelo (des)governo sem a respectiva contra-partida. O Natal é a época que nós, pessoas da classe mérdia, estamos mais sensíveis às injustiças sociais e, portanto, propensos a abrir a carteira e contribuir com as mais variadas "listas de ouro". Como estou de saco cheio de ser enganado lanço a grande campanha "Natal sem panetone. O Lula que se vire sozinho". Nada de cestinhas aos porteiros, garis, carteiros, nem a qualquer outra classe profissional. O (des)governo que providencie.

(a imagem acima já está no tamanho certo 150x160)

sexta-feira, dezembro 01, 2006


Como bom feio que sou, apesar de simpático e charmoso, não poderia ficar de fora da blogagem coletiva idealizada pela Valerie. O tema é moda e a suposta escravidão que ela submete as mulheres, principalmente, à sua sanha assassina e escravizadora. Realmente deve ser uma dureza. Manicure, pedicure e, tortura das torturas, depilação das partes pudendas. Mas fora esses detalhes o que acho mais engraçado é que a moda caminha em ciclos. Uma coisa que é moda hoje fica fora-de-moda amanhã e volta a ser no dia seguinte. Sem contar os estilos. Putaqueoparioô, vendo os modelitos fashion nos desfiles fico imaginando quem seria louca desvairada o bastante para, pagando uma baba, se vestir daquele jeito. Acho que nem de grátis. Tudo em nome de uma suposta transgressão e vanguarda. O que me cheira muito às babaquices que se expoem na Bienal.

Não entendo bem por que os estilistas acham que mulheres parecendo flamingos desengonçados e vestidas, apenas por pele, são padrão de beleza. Algum resquício animal pois só um pra gostar de osso, mas gosto é gosto. Mas tirando este importante mérito sabemos que esse caminho perverso leva à morte. A recente modelo brasileira que morreu por anorexia é só uma, em centenas de casos. Tenho certeza que o cara que escolheu a modelo da foto deve tê-la achado o máximo. Baita mané.

Então, "Dite moda, não deixe que ela te edite".

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics