quinta-feira, novembro 30, 2006


Vi no JN, sim ainda cometo esse pequeno pecado capital, que o organizador do "Natal sem Fome" deixou de arrecadar comida para arrecadar livros. Os imortais da ABL doaram milhares de livros para a causa. Algumas considerações:

  1. O PT irá infernizar a vida do feliz idealizador pois "um povo culto é um povo crítico" (antigo provérbio polaco-bizantino) e o que menos o molusco quer é críticas;
  2. O povo irá digerir e regurgitar obras magníficas do Sarney e do Paulo Caolho©, se bem que quem vota no molusco merece ler "Marimbondos de fogo" e "Maktub" só de castigo;
  3. Finalmente alguém resolveu testar se o tal "Fome Zero" realmente funciona.
De quebra anuciaram que o Partido Me Dei Bem© formalizou, oficialmente, seu apoio ao segundo (des)governo apedeuta. Santo furo de reportagem, Batman!


Só para quebrar a monotonia de meter o pau no (des)governo escolhi a dedo pérolas recente do mundo do entretenimento:

Galisteu afirmou que usa a calcinha 3 vezes e a joga fora. Absolutamente desnecessária que a humanidade conheça essa sua peculiaridade higiênica. Mas o que me leva a pensar que a nhaca da galisteu da Adriane, depois de 3 vezes sem se lavar, deve ser tamanha que é impossível desinfetar a dita cuja. E de tabela atacou o baixinho da Kaiser....

Eliana diz que manda ver nas fantasias quando está na cama. Mulher fogosa, de acordo com o site do Terra (o que me levou a matutar sobre como é que eles descobriram isso...), ela inventa personagens (as preferidas são enfermeira e colegial) e varia na lingerie. Coitado dos dedinhos...

Pela 3° vez Britney Spears sai sem calcinha. Tirando o fato de que ela não dá a minima para a privacidade da bacorinha, e que sua grande amiga é a não menos boçal Paris Hilton, aquela do bolagato promocional, qual é a relevância histórica do fato?

Luana Piovani apartou uma briga entre o seu namorado, Dado "machadinha" Dolabella, e um sujeito que foi fechado no trânsito pelo inepto. Esse tal de Dado tem que ser muito frouxo pra precisar de mulher pra não brigar.

Cléo Pires quer se tornar cantora.... Pelo menos não é a Fernanda Lima.

(desconheço o iluminado e oportunista autor da foto e do maldito cretino que colocou a maldita bolinha na frente do galisteu da Britney)

quarta-feira, novembro 29, 2006


Dilma Roussef comparou a maracutaia, envolvendo o rachuncho de verbas publicitárias oficiais entre a empresa do primeiro-filho com a Band, a fatos corriqueiros na TV brasileira. Uma empresa ou uma pessoa física ou uma igreja alugam espaço ou compram espaço para veicular seus programas. Essa porta-voz do beom-senso no uso da coisa pública acredita que não é possível considerar isso estranho. "Outras explicações não têm de ser dadas pelo governo, mas pela Rede 21 e pela Gamecorp" completou.

Como o contrato, que possibilita este desvio de conduta, é "de gaveta", com certeza se torna uma fraude. Outro fato estranho é os adevogados do primeiro-filho tentarem impedir a justiça de tomar conhecimento do teor do mesmo. No mínimo familiares de presidentes deveriam ter um pouco de simancol e não se imiscuirem na coisa pública, mamando na teta. E o apedeuta não querer saber não ajuda em nada.

Nada como ter um Ronaldinho na família.


Governos brasileiros são pródigos em criarem factóides fiscais que se perpetuam pela eternidade. A CPMF é uma das provas vivas dessa prática abusiva. E, achando que estava extinta, fiquei surpreso em saber que a multa adicional, de 10%, sobre o FGTS, nos casos de demissão sem justa causa, não só está no ar como o (des)governo ainda a quer sugando por mais 10 anos. Não entendi a moral do (des)governo tungar essa grana. Como se isso fosse impedir que empresas, que não conseguem se desenvolver por absoluta incompetência do (des)governo em gerir suas despesas, demitissem.

E o empresariado se conforma com 4 anos. Eles acreditam que algum iluminado sucessor do molusco extermine com essa aberração. Vão rezando.

terça-feira, novembro 28, 2006


Um estudante, chamado Sainul Abideen, afirma ter criado uma maneira de armazenar grande quantidade de dados em papel. Diz ainda, o site do Terra, que com essa tecnologia, curiosamente chamada de "Rainbow Technology", pode-se gravar de 90 a 450 GB de dados em uma folha de papel. O estudante afirma que sua tecnologia, ainda em desenvolvimento, possibilita uma capacidade de armazenamento superior aos discos Blu-ray ou HD-DVD. (fonte Terra). Se um dia algum desavisado disse que a tecnologia da informática acabaria com a necessidade de uso de papel, coisa que até o mais tolo dos usuários sabe que é uma inverdade, imagine agora com essa brilhante descoberta.

De qualquer forma, em uma represália ocidental maciça e inédita, os ativistas ambientais declararam "fatah" contra este sujeito. As hordas ativistas o estão caçando em todo o mundo prontos a se sacrificarem pela causa. Soubemos, de fonte segura, que a morte do estudante renderá ao sagaz carrasco, ou à sua família caso ele morra na tentativa, a quantia de um milhão de dólares em notas de U$ 1,00 (papel moeda). Dizem que o IBAMA o colocou na lista negra juntamente com aquelas pessoas que não podem ver um pau em pé que já querem derrubar. O próprio IBAMA está de olho na recompensa. Afinal o natal está aí.

sábado, novembro 25, 2006

Em deferência à genial Santa divulgo aqui o movimento mundial pela libertação do jovem blogueiro Abdel Kareem Nabil Soliman, um egípcio de 22 anos, que encontra-se preso pelas autoridades de seu país devido a opiniões publicadas no seu blog. Como o blog do cara está em árabe não sei dizer se as opiniões dele são pela morte aos cristãos ocidentais ou pela libertação de Saddam Hussein ou, ainda, pela união carnal entre homens e camelas. Tem o apoio do HAMSA (Hands Across the Mideast Support Alliance). Por via das dúvidas fica aqui minha singela e humilde ajuda.


Esta foi uma semana pródiga em bizarrices políticas. Primeiro foi o 13º para o bolsa-esmola, já comentado aqui. Na sequência, e para variar, os dePUTAdos se mobilizaram para aumentarem seus minguados salários. Ainda terão desdobramentos pois não esqueçamos que, aumentos de salários, provocam sérios impactos também nas aposentadorias e outras benesses desta malta. E aí vem o intrépido, e lépido, líder vermelho. Lula diz que algumas instituições são amarras para o desenvolvimento. Citou, entre outros, nominalmente e diretamente, o TCU. Este órgão, que audita as falcatruas e desmandos dos (des)governos é uma amarra? Imaginem vocês se não fosse. Disse ainda: "E nós estamos fazendo reuniões para que a gente possa enviar ao Congresso uma mudança na legislação que possa destravar o país, para que a gente... blábláblá-blábláblá..., porque é isso que permite claramente que a gente tenha um crescimento."(fonte Folha Online) E como a briga está feia, por cargos na administração pública, Lula correu para garantir a seus asseclas que o PT está garantido. Pelo menos é coerente por que só faltava ele colocar todos os cargos nas mãos dos partidos aliados. O Partido Me Dei Bem© deve estar bem triste com essa declaração. E disse ainda que o PT precisa a voltar a ser exemplo...

E por último, Rosinha Garotinha, governadora do Rio de Janeiro, está sendo denunciada pelo Ministério Público que voltará a investigar denúncia de irregularidades, no convênio de R$ 33,8 milhões, firmado entre a Secretaria Estadual de Educação (SEE) e a ONG Associação de Educação de São Paulo. Mesmo que não tenha irregularidades, o que eu duvido, não é muito estranho que o governo do Rio invista dinheiro numa ONG voltada para a educação de São Paulo?

sexta-feira, novembro 24, 2006


Dois dos temas dos quais não gosto de manifestar minha indignação são os maus-tratos de crianças e idosos ou sobre casos de pedofilia. Fico tão fora de mim que, na verdade, tenho vontade mesmo é pegar os autores e torturá-los, com requintes de crueldade, até matá-los. E não é da boca pra fora. Isso me deixa louco de ódio.

Mas li, no site do Terra, a estória da menina de 13 anos que se apaixonou pelo professor de piano, de 31. Isso me deixou revoltado. Este "romance" acabou em tragédia. Os dois foram encontrados baleados em um motel, que será fechado, em Porto Alegre. Todos os esforços, pelo que li, para encerrar essa bizarrice foram feitos em cima da menina. Não li uma linha de que o sujeito tenha sido enquadrado, surrado, processado ou preso. A menina e sua família, inclusive, foram parar em psicólogos e tiveram suas vidas viradas de cabeça para baixo. E nada sobre o fdp. Parece até que a culpa foi dela. Porra, será que ninguém se tocou de de dar uma dura no sujeito?

quarta-feira, novembro 22, 2006


Para quem se lembra, durante a campanha eleitoral a jornalista Alcinéa Cavalcante foi perseguida implacavelmente pelo senador José Sarney. Tudo isso devido a postagem de uma foto onde se lia, em um muro de macapá, a frase "Xô, Sarney!". Esta perseguição originou um grande movimento de apoio à liberdade de expressão. Não sei exatamente quantos blogs aderiram mas dizem que foram cerca de 50.000 em todo o mundo.

Para minha surpresa, e de todos os blogueiros que participaram do movimento, a veja de n° 1983 traz uma nota onde um suposto marketeiro politico, Antonio Melo, revela que ele lançou a frase na internet, foi copiado por blogs e impediu, numa estratégia maquiavélica, brilhante e bem bolada, a intervenção do senador na campanha de sua filha ao governo do Maranhão.

Mandei um email à revista Veja indignado e apontando o erro da reportagem, acompanhada dos devidos epitetos que caiam bem na ocasião. Para minha surpresa obtive resposta (né Davi). E, para meu espanto, era do próprio repórter muito gentilmente explicando que na verdade houve a edição da reportagem e que o suposto marketeiro não havia assumido a autoria do "Xô, Sarney". Caso o gentil repórter autorize terei o maior prazer em postar, na íntegra sem cortes nem censura, o email enviado em resposta. E obviamente minha tréplica.

Então acho que o mistério está desfeito. Mas a Veja deveria se retratar.

terça-feira, novembro 21, 2006

Será que por estarmos numa região racista, Santa Catarina especificamente, não tivemos feriado ontem? Será que Emir Sader tinha razão?


Se não bastasse utilizar o programa bolsa-família para arregimentar votos o senado, ao apagar das luzes, aprova um benefício que corresponde a um 13º salário ao programa. Agora vem por aí o adicional de férias, o FGTS e multa por rescisão contratual de 40%.

O engraçado é que a idéia não partiu da base aliada do (des)governo, que não conseguiu impedir a aprovação. Segundo o senador autor do projeto, o benefício corrige um "vício de origem" do programa Bolsa Família que não inclui nos seus benefícios uma gratificação natalina. "Não estou falando em salário, mas em garantir um benefício no final do ano. Fizemos isso pensando nos milhões de famílias que recebem o benefício", afirmou. (Fonte Folha Online)

Vício de origem sem dúvida. tamanho despropósito jamais deveria ser criado quanto mais turbinado. Eles devem estar de sacanagem.

(desconheço a autoria da imagem mas olhem só a cara de felicidade dela...)

Tem post novo lá no Juarez, o cabrito montês.

segunda-feira, novembro 20, 2006


Em carta, aos diplomatas brasileiros, o governo bolóviano manifesta sua preocupação com a construção de duas hidroelétricas na bacia do rio Madeira. A disputa é pela provável inundação de parte do território da Bolóvia, rica produtora de castanhas, inclusive sendo um dos principais produtos de exportação e que traz incontáveis bilhões de dólares em divisas para aquele país. De outro, o aumento da matriz energética brasileira, necessária para viabilizar o fantástico e extraordinário espetáCUlo do crescimento.

O chanceler bolóviano, Choquequalquercoisahuaca, pede que o Brasil "retome o espírito" de integração bilateral" (sic Folha Online). Bom lembrar que este maravilhoso e irmanado "espírito" foi completamente desconsiderado quando do arresto das refinarias da Petrobrás. E continua a chancelaria bolóviana que "o Brasil tem todo o direito para tomar suas próprias decisões". Nossa, que magnanimidade. Isso mesmo, desde que não interfira com os assuntos hegemônicos de lá. Pelo jeito o Brasil vai abaixar as calças mais uma vez. Ou então, como acredito, a Bolóvia está criando dificuldades para vender facilidades. De repente eles "liberam" a construção e em contrapartida recebem a energia "de grátis". Ou ainda, não colocam um centavo e ainda conseguem energia subsidiada.

A conferir.

PS: Alguns governadores de lá romperam com o Evil Imorales©. Alegam que o novo controle sobre as atividades regionais fere a constituição. Tem ou não tem cheiro de proteção corporativista à maracutaia regional neste "protesto"?

PS2: Não me canso de postar essa imagem ehehehehehe


Tomei conhecimento, através do blog do Tambosi, de um entrevero entre o Sr. Mino Carta (que nome ridículo valha-me Deus!!) e o Sr Diogo Mainardi. O primeiro faz o seguinte comentário em seu blog: Não se aborreça com Diogo Mainardi, afinal o máximo que o cidadão produz com perfeição é paralisia cerebral. Este singelo e, aparentemente, inocente comentário é uma alusão à paralisia cerebral que acometeu o filho do Sr Diogo. Como pai, graças a Deus de uma linda menina saudável e esperta, fiquei indignado em saber que uma pessoa, baba-ovo, puxa-saco e lambe-pés do (des)governo que o abastece de grana publicitária, tenha a indelicadeza e insensibilidade de atacar um cidadão, que contraria a escolha, escrotamente simbiótica do Sr. Mino Carta, de forma tão torpe. Um biltre que produz tal baixaria deveria tomar um chute bem dado no meio das pernas e ter seus ovos inchados até estourarem..

Se já não bastasse a completa falta de argumentos lógicos, por conta de petistas e oportunistas, em apoiar a escandalosa falta de ética do (des)governo, ainda aturar esse tipo de coisa é de revoltar.

A propósito. O Sr. Mino Carta, este senhor com a sugestiva cara aí ao lado, é italiano. Então ele que vá TNODC ou qualquer expressão que se use por lá para tal fim.

sábado, novembro 18, 2006


Como foi vaticinado, por todos os profetas da blogosfera, os acordos espúrios e inexcrutáveis realizados para re-encaminhar o apedeuta ao planalto já estão cobrando a alma (mesmo que ele não a tenha). Nem bem esfriou o cadáver da eleição Lula se queixa "da disputa interna das legendas que o apóiam em torno de cargos no governo e disse que só vai definir os nomes dos novos ministros depois que as arestas estiverem aparadas" (fonte Folha Online). Este líbelo foi tratado em reunião com Sarney e Renan Calheiros, as eminências pardas-mas-nem-tanto do (des)governo.

Agora reclama. Quero ver o loteamento como vai ficar e, também, a tal "governabilidade".

Update

Pelo jeito o PMDB muda de nome. A partir da próxima legislatura passa a se chamar Partido Me Dei Bem©


(Em homenagem ao genial Francisco Milani)

quinta-feira, novembro 16, 2006

Quando eu achava que ia escapar incólume eis que o meu amigo Sobesta me recruta nesse lance das cinco manias. Como sou rancoroso e sórdido rogo, sobre ele, a praga eterna dos 9 dedos etrusco-neozelandesa que é tão terrível que não me atrevo a repetí-la em voz alta. Às 5 próximas vítimas aviso que, acompanhada da tarefa, segue a praga dos mil camelos tibetanos (*) que se abaterá sobre suas cabeças caso se recusem a cumprir com a missão e praguejar contra esse missivista. Sou obrigado, por força contratual, a divulgar o regulamento desta tarefa:

"Cada bloguista participante tem de enunciar cinco manias suas, hábitos muito pessoais que os diferenciem do comum dos mortais. E além de dar ao público conhecimento dessas particularidades, tem de escolher cinco outros bloguistas para entrarem, igualmente, no jogo, não se esquecendo de deixar nos respectivos blogs aviso do "recrutamento". Ademais, cada participante deve reproduzir este "regulamento" no seu blog."

Cumprida esta etapa passo a discorrer longamente sobre minhas 5 manias marcantes:

1) "Falar" sozinho: Tenho o hábito de exercitar situações que vou vivenciar. Por exemplo, uma apresentação a cliente ou algo do tipo. Neste caso me pego a gesticular e articular em voz sub-sônica sozinho dirigindo ou andando na rua.

2) Praticar esportes solitários: Apesar de não ter problemas em trabalhar em grupo sou incapaz de depender dos outros. O mesmo vale para esportes. Nunca consegui me desenvolver bem em esportes coletivos. Ao contrário, me dou bem em esportes que dependam absolutamente de meu próprio e exclusivo desempenho. Pratiquei surf, caça submarina e atualmente jiu-jitsu. Tenho troféus em todos estes esportes. (Acharam que era o esporte de Ona né seus mente suja ehehehe)

3) Falar palavrão: Até consigo me policiar, mas eu não sou eu sem o meu poderoso vocabulário de palavras de baixo calão. Um bom e sonoro PQP, VTNODC seu FDP tem seu valor.

4) Cozinhar: Cozinho muito bem e não posso ver um fogão dando sopa que já quero fazer alguma coisa.

5) Fazer supermercado: Outra mania doméstica. Vou numa boa fazer compras, sem reclamar.

Convoco então as seguintes vítimas: Suzi, Davi, Guilherme, Walter e Cejunior. Caso eles já tenham postado se virem e postem de novo ou encontrem outras 5 manias, uai.

(*) Praga dos mil camelos tibetanos: Qua as pulgas de mil camelos tibetanos infestem o meio de suas pernas e seus braços estejam amarrados e não possa se coçar.

quarta-feira, novembro 15, 2006

Um link vale mais do que mil palavras gritadas ao vento.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u86718.shtml


O hospital referência no tratamento de doenças cardíacas no Brasil, o INCOR, pede socorro. Socorro pois está com uma puta de uma dívida. Para quem não sabe o INCOR é considerado o maior instituto público de cardiologia da América Latina. Público. Hospital. Tem uma fundação no meio, Fundação Zerbini. A fundação, que é privada, acumula dívidas de R$ 245 milhões. Hospital público, fundação privada. Dívida. Construção de anexo II. R$ 200 milhões.

Dizem que é problema de gestão. Faz favor, só inocente útil para acreditar nessa estória da carochinnha. Na minha humilde opinião trata-se de bandalha, e das boas. TCU neles.

segunda-feira, novembro 13, 2006


Tenho lido em sites e blogs a celeuma, em torno da ascensão a presidente substituto, do deputado federal Aldo rebelo. Por ser do PC do B será o primeiro autêntico esquerdista a assumir a presidência do país em séculos. Tá, mas o que isso importa? Qual a relevância do fato? Acreditam que ele será capaz de fazer algo absolutamente anormal? O mais bizarro é que com essa exposição, o que me leva a crer que os jornalistas não tem nada de importante pra relatar, é a declaração que recebeu a tarefa como atribuição constitucional (não diga, excelência, jura?). "Por outro lado, vejo também, mesmo por um momento que assumir a Presidência na minha condição de integrante do PC do B é uma demonstração de amadurecimento da democracia. Continua valendo a pena lutar para se viver num país democrático, onde todos se respeitam, onde há tolerância e espírito público", disse (sic Folha Online). Delírio.

Muito mais relevante para a história política mundial é a renúncia da primeira-suplente de um vereador de Salvador, a sagaz Milena Silva, que deixou a promissora carreira para posar nua. Ela renunciou à candidatura a deputada estadual para poder exibir suas curvas na edição de setembro da revista Premium. Isso sim é uma notícia que deve ter causado furor nas hostes políticas soteropolitanas.


"Quero crer que houve uma convergência pontual de interesses, o que é diferente de acordão ou pizza". Palavras da salvação, graças a Deus. Raul Jungmann deu essa declaração, infeliz, a respeito da pizza das sanguessugas que está cozinhando no Congresso. Diz ainda que com o fim das eleições há um esfriamento natural das coisas. Até por que tem gente da oposição enfiada na maracutaia. Significa dizer que investigar e cassar só com fins eleitoreiros. Fora disso, esqueçam.

Outra bizarrice é a saída, muito tardia ainda que à tardinha, do Gushiken. Assim como Palocci, se tornou uma das eminências pardas no (des)governo.

Realmente a cara de pau virou praga e se acreditávamos em justiça nesse país podemos tirar o cavalinho da chuva.

PS; O Brasil não tem condições, segundo o IPEA, de manter um crescimento de 5% ao ano. Pelo menos até o ano do senhor de 2011 estaremos ao Deus dará. Curiosamente será o ano em que o intrépido líder molusquiano estará fora da jogada.... estranho, muito estranho.

sábado, novembro 11, 2006


Uma das coisas mais prazerosas é almoçar em um local agradável, com uma ótima comida e ser bem atendido. Não sou de fazer propaganda aqui mas neste caso tenho que abrir uma notável exceção. No restaurante Zé do Cacupé você é servido com excelentes frutos do mar. Com tudo aquilo que precisa para ter uma refeição muito agradável. O prato é bem servido sendo o suficiente para 2 a 3 pessoas. Recomendo a caldeirada de frutos do mar e o camarão à la grega. E tem uma cachaça de deixar um cristão no céu. Fica localizado na praia do mesmo nome, do lado da baía norte, de quem sobe pela SC-401 em direção as praias do norte da ilha. E tem uma vista muito bacana da cidade e do continente. Ao visitarem Floripa não deixem de conhecer.

Mas existe também o personagem. Zé do Cacupé é um senhor de 80 anos. Muito simpático e que gosta de uma boa prosa. Pena que eu não conheça mais sobre ele, mas prometo que vou tirar um dedo de prosa e conto mais em outra oportunidade.


Tirando um pouco da pressão barométrica. Como comentei abaixo estive hoje na praia da lagoinha, norte da ilha. Lá tive o prazer de ver a puxada de um lance de tainha. Geralmente eles usam um "olheiro" no alto da encosta da praia que identifica a chegada do cardume. Em seguida sai o barco soltando a rede e cercando. Depois é só encalhar o barco. A praia praticamente deserta e só a galera ajudando a puxar. Muito legal. Uma coisa pra se guardar mesmo.








Só para que vocês tenham noção do que estão fazendo aqui na ilha da magia. Isso está se repetindo em todos os locais daqui. Estive na praia da lagoinha hoje e fiquei de boca aberta com a quantidade de condomínios novos abertos por lá. O exemplo abaixo é no bairro do Cacupé.

sexta-feira, novembro 10, 2006


Depois de Marco Aulélio Gracinha, este fantástico representante da democracia mundial, ter feito os devidos salamaleques à imprensa, agora é a vez Marcio Thomaládacá Bastos, o adevogado criminal que as vezes se faz de Ministro da Justissia, operar a cortina de fumaça. O ministro disse ter "o maior respeito pela imprensa" e convicção que a liberdade de expressão "tem um valor indeclinável, com o qual não se pode transigir"(fonte Folha Online). Já que é assim por que não colocam a coleira nos seus seguidores, uai?

Mas o que tinha me chamado atenção na reportagem era que MTB aventou a possibilidade, remota e inescrutável, de que a PF, no afã de dar a devida satisfação à sociedade brasileira no caso do dossiê, tenha quebrado o sigilo telefônico da Folha na correria. Beleza, na próxima vez vão quebrar o sigilo de quem? O meu sigilo ou dos meus amigos leitores?

Isso que dá dar uma rapidinha.

quinta-feira, novembro 09, 2006


Mais uma do democrata Marco Aurélio Garcia esse prócer da defesa dos direitos civis, aquele que após a vitória de Lula disse que a imprensa tinha que rever sua posição perante o episódio do mensalão. O assunto é a quebra do sigilo telefônico da Folha, o que é estranho considerando a petralhada instalada lá. Diz esse bastião do estado de direito que a quebra do sigilo tem que ser explicada pela justiça, e que a PF e o governo não sabiam. A quebra de sigilo, qualquer um, é derivada de um investigação. Investigação é feita pela PF ou pelo Ministério Público. Juiz só libera mediante pedido. Quem pediu? Pelo jeito será outra novela. Quem era o dono da grana do dossiêgate (apesar dos meus insistentes pedidos de propriedade)? Quem pediu a quebra do sigilo? Quem matou Odete Roitmann? Cadê o queijo que estava aqui?

E continua a matéria. Segundo Garcia, o governo "tem garantido nesse país uma liberdade de imprensa absoluta; tanto é verdade que tem sido objeto de um ataque fortíssimo da imprensa e tem convivido democraticamente com isso". E emendou: "Qualquer atentado a liberdade de imprensa receberá do governo e do PT uma condenação enérgica". (fonte Folha Online e literalmente transcrita). Esse verídico e impávido depoimento esquece que os petistas meteram a porrada nos jornalistas que cobriam a volta de Lula a Brasília ou os jornalistas da Veja que foram ameaçados na PF. E até agora não sei de nenhuma nota de repúdio do PT ou do (des)governo.

O que se fala não se faz.


Estudos realizados, por diversos cientistas em todo o mundo, e divulgados, recentemente, na revista Science indicam que até o ano do senhor de 2048 a pesca comercial deixará de existir como atividade produtiva. O ritmo frenético da captura de peixes e frutos do mar está acabando com espécies inteiras. Caso não haja nenhuma ação, já era. O Brasil é um dos fortes candidatos a ficar sem seus recursos costeiros. O que daria uma bela desculpa para que, outros países, viessem explorar a plataforma continental dentro do limite das 200 milhas.

Pratiquei caça submarina por quase 11 anos. Neste meio tempo, morei 6 meses na Bahia, em Alcobaça, uma das portas para os atóis do entorno do arquipélago dos Abrolhos. Durante este tempo observei a pesca predatória do camarão. Sem contar com o assoreamento dos rios, que destruiram os manguezais, base da cadeia alimentar marinha da região. O peixe foi ficando cada vez mais raro. Atualmente, onde antes se fazia uma bela pescaria à 15/18 metros de profundidade, somente trabalhando a 50/60 se arruma alguma coisa. Claro que utilizando compressores, o que é ilegal.

Vi o mesmo acontecer em pesqueiros de lagosta. Em Gurarapari, forte produtora no sudeste, já em 88 só se encontravam espécimes de pequeno porte. Maceió e Fortaleza também foram pelo mesmo caminho.

Assim pessoal, a partir de 2048, caldeirada só se for de Tilápia

Outro assunto pouco comentado e tratado alhures é sobre a preservação da água. Estamos localizados sobre o maior resevatório do mundo de água doce. E o tratamos como se fosse lixo. Poluindo, poluindo e poluindo. O mundo irá lutar por água daqui a poucos anos. E não vejo nenhuma política nacional para este recurso estratégico. O pessoal fica gritando que a Amazônia está sendo loteada. Pensam nos coitados dos índios, onde meia dúzia possuem terras maiores que países. Ou em minérios. Esquecem-se da água. Não sou ambientalista nem eco-chato mas você bebe petróleo? Nem eu.

A ganância humana é realmente capaz de feitos além do bom senso. Alô, Greenpeace e outros eco-chatos. Ao invés de abraçarem árveres (*) deviam dar atenção a estes absurdos.

(*) O jardineiro é Jesus e as árveres somos nozes. Uma singela homenagem ao meu candidato em 2010.


Em 2007 Adriane Galisteu encenará uma peça de Nelson Rodrigues. Só pode ser "Bonitinha, mas ordinária".

terça-feira, novembro 07, 2006

Pois é pessoal, com os exemplos que tenho visto por aí, Bruna Putistinha© colocando (de dentro pra fora) seu segundo livro entre os 10 mais e a Vaidaressa de Oliveira© sendo referência nacional em marketing de rua, encontrei, finalmente, a fórmula da fortuna rápida.

Em primeiro lugar publico um anúncio no Diário Catarinense:



Coroa Vale-Tudo
Quarentão, moreno, tatuado, 1,76/80kg, lavo, passo, faço supermercado e cozinho aquele prato especial. Com aquele complemento que vai te levar a loucura.
Estilo "pegador"
Atendo em domicílio
Segunda a sábado das 18 às 23 horas.
Somente mulheres de fino trato
Tratar no fone 555-0017

Na sequência crio um blog relatando minhas aventuras e depois de um ano de serviços prestados à comunidade feminina escrevo um livro intitulado "Memórias póstumas de um puto prestimoso". Ilustrado e com poesias do mais puro erotismo pornô. Viro best-seller. Saio na Veja, Isto É e Caras. Apareço no Jô, na Marília Gabriela e na Lucianta Gimenez. Viro referência nacional.

Eita país medíocre.

PS: Este post foi publicado em 31/01/2006 a respeito do mesmo tema.

Pessoal, vejam se se entendem, cacete. Ora um diz que é verdade, ora outro diz que não é verdade. E o amigo aqui se dana.

segunda-feira, novembro 06, 2006

UPDATE 07/11/2006

A Magui teve a bondade de apontar que essa estória é barriga. Pelo que está no site do senado federal da república bananística do Brasil não há nada tramitando quanto ao assunto. Não do jeito que foi relatado pela imprensa marrom e por este e alguns blogs desavisados. O Patrick fez a gentileza de me passar o link.

http://www.senado.gov.br/agencia/verNoticia.aspx?codNoticia=59325&codAplicativo=2

-------------------------------------

Parem as máquinas!!! Se já não bastassem as trapalhadas dos petralhas eis que a oposição apronta uma das suas. O senador Eduardo Azeredo (PSDB), ex-governador de Minas Gerais, tramita um projeto de lei, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, para intitucionalizar a burocracia virtual. A idéia é tão bizarra quanto perigosa. Todos nós teremos que nos identificar quando acessar a internet. Para qualquer coisa. Desde enviar um e-mail, entrar numa sala de bate-papo ou até criar um singelo e humilde blog. Baixar videos pornô nem pensar. Aparentemente parece a forma encontrada para inibir a fiscalização dos atos e desmandos do (des)governo e a livre manifestação do pensamento.

Mas se você pensa que é apenas uma manobra política está muito enganado. Por trás da identificação e da certificação prévias dos usuários da internet, está o lobby das empresas de certificação digital, espécie de cartórios virtuais, que atestam a veracidade de informações veiculadas pela internet. E o figura seria o assessor de Azeredo, José Henrique Portugal, ex-dirigente do Serpro, estatal federal de processamento de dados. (fonte Folha Online). Tinha que ter maracutaia no meio.

Pessoal, a coisa é muito séria. Se fosse apenas uma baboseira bancária nem tava aí. Mas o risco é grande de nos tornarmos uma China. Não seria uma chance de ouro para que nós, críticos do (des)governo, fossemos alijados do direito constitucional de espernear?


Motivado pelo aumento, imprevisto, exarcebado e extraordinário, do consumo do gás natural, a Petrobrás já acena com um aumento nos preços deste recurso. Não, nada a ver com o acordo firmado, semana retrasada, com o governo da Bolóvia, absolutamente. Acho incrível que a Petrobrás não tenha previsto uma curva de consumo adequada e que empresas invistam nesse combustível, dentro de uma expectativa razoável de custos, e depois o (des)governo vem com a estória do não brinca mais. Investimos uma baba preta no desenvolvimento de uma planta industrial, geramos empregos lá e a contrapartida é isso. Mas vamos lá Brasil, como país rico que somos vamos transferir renda para nossos aliados estratégicos. E viva Evil Imorales!!!

domingo, novembro 05, 2006


Que o Brasil vêm perdendo espaço no cenário mundial já era evidente. Mas Lula declarar que não quer assumir um papel, de liderança, no continente latino-americano e que aboliu, de seu dicionário, a palavra "hegemonia" é demais.

Esta atitude é compreensível. Primeiro, que assumir um papel de liderança implica em ser competente, coisa que Celso Amorim e a diplomacia brasileira não o são. Segundo porque representa maior trabalho e pelo que acompanhamos isso não é natural para eles. E, em terceiro, com a palavra hegemonia saindo do dicionário, este, finalmente, ficará restrito a uma página em corpo 36.

Este descaso está tão evidente que Lula não compareceu, alegando cansaço causado pela campanha eleitoreira, à 16° cúpula Ibero-americana. Sua ausência esvaziou o evento. Isto é, o Brasil é um país importante para o cenário mundial. Para quem é de fora. E virou motivo de piada. Enquanto o bicho pega no cone sul, Lula pega sol na Bahia.

Só para constar, a agenda presidencial de viagens até o final do ano já está cheia. Irá visitar importantes países como Venezuela, Uruguai, Nigéria e Bolóvia. É o tal eixo de países em desenvolvimento.

Mas, se Lula não quer a liderança o que ele vai fazer visitando países que não tem um puto de grana???

sábado, novembro 04, 2006


Em Recife foram canceladas 3.500 reservas para o feriado. Uma receita para a cidade de US$ 1.400.000,00. Tudo isso por conta da confusão, pelo jeito a primeira de muitas, causada pelo descontrole de tráfego aéreo. Isso só em Recife. Alguém tem noção do que se foi perdido no resto do país em turismo de passeio e negócios? Um número que li diz que, só as empresas aéreas, tiveram uns R$ 40 milhões de prejuízo nesta semana. Quero ver a conta que vai chegar no ministério da defesa. E o mais bizarro é que quem a pagará seremos todos nós.

Por falar em bizarro, López Obrador, candidato esquerdista derrotado nas últimas eleições mexicanas, constituiu um governo paralelo para, paralelamente, apresentar propostas ao congresso. Não admitem a derrota alegando fraude, lógico. Mas não seria uma violação do estado de direito uma situação destas? E o que seria se Alckmin fizesse a mesma coisa? A esquerda festiva iria gostar?

quinta-feira, novembro 02, 2006


Ao longo do seu tempo de existência o Jus Indignatus vem aperfeiçoando sua capacidade criativa. Desta forma, gostaria de saudar a mais nova marca criada por este humilde blog. Depois de Evil Imorales© e da Bruna Putistinha© apresentamos, com todas as pompas que essa querida ex-garota de programa (??) merece, a magnífica, a extraordinária, a renomada "escritora" Vaidaressa de Oliveira©.

PS: Depois eu coloco aqui as minhas singelas considerações por tão relevante, culturalmente, criatura.

quarta-feira, novembro 01, 2006


Como era de se esperar continuam as trapalhadas causadas por membros petistas do (des)governo. Agora em âmbito relacional relativista ditatorial.

Primeiro a declaração do presidente nacional do PT, Marco Aurélio Garcia, ao comentar o episódio da porradaria envolvendo petistas e jornalistas. Disse, esse luminar da democracia teuto-cristã, que a imprensa deveria fazer uma "auto-reflexão" sobre a forma com que havia noticiado o escândalo do mensalão. Ameaça? Escárnio? Delírio? Somente o futuro dirá.

Não satisfeitos o ministro das relações insititucionais, o que quer que isso signifique além de arrumar uma boca no governo, dá um parecer definitivo enquanto dure. "Acabou a era Palocci", disse Tarso Genro . Na minha humilde opinião esta era deveria ter acabado no dia que Palocci, paladino das liberdades democráticas, burlou a lei e quebrou o sigilo bancário do caseiro. Além do que a política econômica é do governo, tucano, não de um homem só. Esta declaração sensata causou a queda da bolsa de valores e a alta do dólar.

E Kennedy Alencar diz, em nota publicada na Folha Online, que é natural que existam novos escândalos de corrupção no governo, que é "uma máquina enorme, com muita gente, muitos interesses". Profecia? Defesa prévia? Pau mandado? Para este brilhante colunista, o país pode esperar do segundo mandato de Lula o "aprofundamento de alguns programas sociais", mas, do ponto vista econômico, acredita que "haverá uma mudança mais de discurso do que de prática." Ou seja, muito blábláblá e nada de ações concretas.

E finalmente o chanceler Celso Amorim, esta Águia de Haia rediviva, está satisfeito com o novo acordo assinado pela Petrobrás com a Bolóvia. "Temos que olhar a situação da Bolóvia", disse Amorim. "Viva Evil Imorales" completou. Os interesses brasileiros que se danem.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics