sexta-feira, setembro 29, 2006


Assistindo ao JN de ontem, sim também sou um pecador uai, vi uma reportagem no mínimo intrigante. Em pontos, de 3 regiões do país, serão utilizados centros de comunicações que transmitirão os dados coletados nos rincões brasileiros. É formado por um laptop e um celular via satélite. Legal, maneiro, supimpa. Mas se as urnas, cujo sistema operacional não está homologado pelo TSE até hoje já são objeto de suspeita, imaginem então laptops e celulares. Quantos pontos evidentes de fraude não foram criados. E a um custo de milhões de reais.

E a nota mais hilária que li hoje é dada sobre a suposta declaração de uma suposta militante petista que diz: "Se Lula tivesse ido ao debate daria uma surra nos adversários". Ou algo assim. Acho que essa militância anda comendo ou fumando coisas muito estranhas.


Tá aí a imagem que todos queriam ver. A coisa é tão bizarra que todos os petistas estão indignados (não por influência minha) contra a divulgação. A própria PF não tem a menor idéia de quem a divulgou.

"Não está descartada a suspeita de que sejam recursos de caixa dois, o que pode ser caracterizado como crime eleitoral com implicações na campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição." diz notícia no Folha Online. Mas isso é uma informação óbvia considerando o esforço hérculeo em esconder a dinheirama.

Fico na expectativa de que algum aspone assuma a propriedade desta montoeira de grana e vá em cana. Isso livraria o supremo molusco da culpa. Livraria?

E Lula não foi ao debate por que ele não sabia.

quinta-feira, setembro 28, 2006


Leio, na Folha Online, que o enfermeiro Jorge Lorenzetti, acusado de participar da compra do dossiê contra o tucano José Serra, deixou a diretoria administrativa do Besc (Banco do Estado de Santa Catarina). Conhecido como o churrasqueiro preferido de Lula, Lorenzetti tinha sido indicado ao cargo pelo próprio presidente da República, segundo a assessoria de imprensa do Besc. Pera lá, Lula indicou um enfermeiro e churrasqueiro para ser diretor de um banco estatal, e esta estável e confiável instituição financeira aceitou? Bom, para indicar alguém tão qualificado Lula realmente não devia saber de nada. Mas, conhecendo os burocratas estatais, algum iluminado TCR deve ter perguntado ao supremo comandante lulístico se ele sabia que o sujeito era um enfermeiro e churrasqueiro. "Claro que sei! Coloca ele aí no cargo que é meu faixa.", deve ter respondido Lula.

Essa lógica kafkaniana é de deixar qualquer um de miolo mole. Lula saber que o indicado era tão bem qualificado só pode ser por ser seu amigo do peito, afinal ninguém assa as carnes presidenciais sem ter a intimidade necessária. Se não sabia, em 16 anos de serviços prestados, Lula nunca olhou para a cara do sujeito. Mas então por que o indicaria?

Ou Lula sabe ou não sabe, qual a questão? E, enquanto isso, a propriedade do dinheiro do dossiê continua desconhecida.

"Conquistar o segundo mandato vai ser fácil. O difícil será governar sem poder colocar a culpa no governo anterior..."

terça-feira, setembro 26, 2006


Lá como aqui as coisas também são varridas para baixo de tapete na mão grande. Na Bolóvia, este destacado e importante país sul-americano sem o qual a humanidade não poderá existir como sociedade moderna e pujante, a promotora que investiga o caso de uma falcatrua, da estatal de petróleo boloviana com envolvimento direto de um ministro, foi afastada quando estava para apresentar seu parecer do assunto. Coincidências à parte, aqui comparando à inexplicável (ehehehe) lentidão na investigação dos dólares do dossiê, fico matutando se Lula fez escola ou, já que não sabe nada de nada mesmo, aprendeu essas manobras evasivas com o magnânimo e intrépido líder Evil Imorales (pela imagem não dá pra ver bem....)

segunda-feira, setembro 25, 2006


Blogando por alhures esbarrei com uma convocação para uma blogagem hoje, 25. O tema, esotérico, é "Voto ético, Política honesta". Bom, legal a idéia, mas acho bizarro conviverem, no mesmo ser humano, um político e um honesto. Na minha humilde opinião, alguém, que enfia uma grana preta para ser eleito para receber míseros R$ 80 mil por mês, bruto sem desconto de gabinete etc, só pode estar armando uma puta de uma sacanagem com dinheiro público. Vá lá que eventualmente o sujeito resolva o problema de uma ONG do primo da cunhada da bisavó do neto da vizinha, claro, levando sua habitual comissão de 20%. Mas não tem cristão que me convença que um sujeito ao dormir candidato e acordar eleito não acorde também um ladrão.

domingo, setembro 24, 2006

A dona da Daslu declara que, descobrir um câncer no pulmão, a "fizeram sentir como se eu fosse uma criança deixando abruptamente a Disney. Até então, eu imaginava a vida como uma grande brincadeira."(fonte Folha Online). Só uma mente distorcida poderia declarar que, sonegar milhões em impostos e criar o maior templo de lavagem de dinheiro do país (depois das igrejas evangélicas), é uma grande brincadeira.

Bruna Putistinha, o maior sucesso editorial depois do fenomenal Paulo Caolho, declara que a trepada de Cicarelli na praia lotada não merecia tal repercussão, apesar de criticar o ato. O bizarro que as duas se encontrarão na entrega dos prêmios do VMB, láurea da música comercial brasileira. Imagino que lá no palco terá um poste para a performance da "escritora".


Apesar dos escândalos, as degolas no (des)governo parecem ser do tipo "pra inglês ver". Nunca entendi a origem da expressão mas ela se aplica muito bem na situação. José Dirceu caiu e se mandou do congresso, mas continua sendo uma importante peça no PT. Berzoini caiu mas ainda é o presidente do PT e, diz a lenda, continua por trás da estratégia da re-eleição molusca. Palocci também continua dando seus pitacos e por aí vai. Não será surpresa se o Lorenzethi, que se intitula primeiro-churrasqueiro, continuar assando as carnes presidenciais. O interessante é que tudo isso acontece, é amplamente divulgado e ninguém cobra nada. A cegueira, das linhas petistas, aos desmandos de sua cúpula é preocupante. Fanáticos são capazes de tudo, que o diga o Vaticano.

Esse fanatismo pode permitir a grande jogada de Lula, fechar o Congresso. Afinal lá reside uma quadrilha que, cassada, dificilmente encontrará simpatia por parte do eleitor médio. O ato levaria isso em conta. Com as hostes fanáticas a favor e as forças armadas desaparelhadas seria difícil uma reação dos segmentos democráticos da sociedade. Além disso, a justissia brasileira, em todos os níveis, teria suas mãos atadas por nomeações exóticas para os principais tribunais, com o devido rasgar da constituição brasileira. Lula teria, então, apoio de países do calibre de Cuba, Venezuela e Bolóvia. Enquanto isso, os EUA e a Europa não saberiam o que fazer, mas aí, numa sacada genial, Lula entrega a Amazônia para as potências mundiais, talvez China, e acalma o cenário externo. E se torna Lula I, imperador do Brasil. (credo!!!)

Imagem: Imperador acompanhado por um reposteiro e camareiro-mor (pintura de Jean Baptiste Debret)

sábado, setembro 23, 2006


Pelo que andei lendo por aí a "Assembléia" de Deus manifestou apoio à candidatura moluscana. Curiosamente, também andei lendo por aí, Lula declarou, em encontro com empresários de alto calibre, que está com o demônio no corpo. Já vi situações "dando que se recebe" mas essa é inédita e altamente criativa, pois essa troca de favores só pode ter sido concebida longe do palácio do planalto, pelas razões óbvias. Em resumo, num insight genial, o (des)governo já iria iniciar o segundo mandato (vade retro!!) com alguns números favoráveis para o Primeiro Emprego. E os exorcistas evangélicos irão mamar durante 4 anos (cruz, credo cruz!!!) enquanto espantam o demo.

PS: Se é segundo mandato (xô, demonho!!!!) o programa não deveria se chamar Segundo Emprego?

Nunca é demais recordar. Li este post no blog da Jéssica e esse no do Valter Abrucez que repasso para vocês. Se fossemos fazer uma retrospectiva, de todas as sacanagens engendradas por este (des)governo, tenho absoluta certeza que iríamos precisar de muito Mylantha Plus e sal de frutas.

Se pelo menos conseguirmos jogar o pleito para o segundo turno daríamos um grande cagaço no molusco. Daí espero que o Alckmin se toque e mande ver.

A conferir.

quinta-feira, setembro 21, 2006

Update 21/09/2006

Hoje serão postados, de novo e novamente, em vários blogs pelo Brasil afora, notas de solidariedade à Alcinéa Cavalcante. Ela continua sua saga e o assunto já está tomando proporções bisonhas. Sarney, que insiste em aparecer como paladino da democracia por relevantes serviços ao estado do Amapá, insiste em processá-la e por aí vai. Destaco que minha solidariedade é supra-partidária. Não entro no mérito da picuinha política por trás da confusão. Minha indignação é fruto da certeza que não somos criminosos e que é "direito do cidadão manifestar sua indignação com o que acontece em seu cotidiano" como diz o antigo ditado austro-hungaro-otomano.

Update de 07/09/2006

Recebi email da Alcinéa Cavalcante. Mesmo ela tendo hospedado seu blog no blogspot (já que o Sarney conseguiu tirar do ar o que tinha no UOL) o sujeito continuou sua luta e perseguição, parecendo até um de seus marimbondos de fogo. Entrou com mais 5 ações no TRE do Amapá. Já são 14 ações no total. Apesar de saber que existe uma picuinha política por trás disso tudo (a irmã dela é assessora ou algo assim do candidato da oposição local), que vai além da simples perseguição e censura, não posso me furtar a me indignar com tal gesto tresloucado. Todos nós devemos ter o direito a manifestar nossa opinião. Independentemente de termos ou não rabo preso. Não somos bandidos. Somos cidadãos nesse, ainda, democrático país. E que os que não gostam dessa realidade vão tomar solenemente no meio do olho do c*.

O original


Censura: Exame de qualquer texto de caráter artístico ou informativo, feito por censor a fim de autorizar sua publicação, exibição ou divulgação.

Repreensão: Ato ou efeito de repreender, de censurar com palavras severas e enérgicas; de caráter disciplinar, as quais equivalem, freqüentemente, a um castigo. (Jur.) Pena disciplinar que o superior inflige ao inferior hierárquico, e que consiste em admoestação enérgica.

Provavelmente amanhã, dia 29/08, alguns blogueiros estarão postando notas em solidariedade à jornalista Alcilene Cavalcanti. Ela e sua irmã estão sendo alvo de processo por parte de José Sarney, a primeira teve seu blog tirado do ar e a segunda está em vias de ser cassada. Somente por que têm uma opinião pessoal e de consciência a respeito do sujeito e publicaram uma foto com uma pichação em um muro de Macapá. Somente alguém com o ranço da ditadura militar poderia conceber tal ato descabido. Um exagerado sujeito que se diz estadista, o magnânimo membro da ABL (até hoje não entendi que raio dos infernos deu nos imortais mas para uma turma que escolheu Paulo Coelho....), o brilhante ex-presidente que, já que não conseguiu mandar um satélite, conseguiu mandar nossa inflação ao espaço sideral.

Queria apenas lembrar a ele e a seus asseclas o seguinte: É livre a manifestação do pensamento, é livre a expressão da atividade intelectual e científica, é inviolável a intimidade, a vida privada, é livre a associação para fins lícitos. Art. 5º, incisos IV,IX, X e XVII, da CRFB/1988.

Quase aposto que os processos (são seis até agora) contra a jornalista só podem ter saído da cabeça tacanha de algum aspone pau no cu. Por que, caso contrário, Sarney devia pedir o boné e ir cultivar seus marimbondos de fogo.

Ah faltou um, Repressão: Bom com o que foi dito acima todo mundo já sacou...

PS: Caso eu tenha que me exilar na Romania, como alguns amigos, tô lascado, não entendi como é que se usa a porcaria do wordpress...

PS2: Para evitar perder alguma coisa daqui caso seja tirado do ar exilei os últimos posts num lugar muito muito distante eheheheheheh

quarta-feira, setembro 20, 2006


Leio coluna do Kennedy Alencar na Folha On Line. No artigo faz algumas considerações interessantes à re-eleição do Lula, implicações escandalosas e, claro, a posição "refensiosa" que se encontrará perante o PMDB (ê partidinho).

Uma coisa que me chamou a atenção é a tal "agenda pela governabilidade" que Lula quer impingir aos partidos políticos. Esse papo sempre rola antes das eleições. Tirando Collor, que é por demais arrogante para dividir o que quer que seja, todos os outros vieram com esse discurso. Tipo esmola, coisa que o (des)governo sabe dar como ninguém. Essa "agenda" é um objeto metafísico que não diz nada com nada e não reflete as reais intenções de quem está por cima nas pesquisas. No caso de Lula, a situação é bem mais complicada pois ninguém aguenta mais o discurso de que ele não sabia de nada. O tal "escândalo do dossiê" é tão primário, o que faz muito sentido, que estou achando que tem algo muito mais simplório na queima de assessores diretos do presidente. Será que ser o primeiro-churrasqueiro é um cargo tão magnífico?

Em relação ao título deste singelo e matreiro post, não sei bem o que é after mas o (des)governo vai ter que rebolar pra dar.

PS: Estou com uma mania idiota de colocar imagens nos posts...

PS2: A imagem é do Francisco, churrasqueiro do Hotel Renoir.


O sacana do bem do Mostardinha me etiquetou. Tenho que dizer 10 coisas de que gosto. Como gosto de tudo, menos de jiló, maxixe e situações onde não possa manifestar meu desagrado, vai ficar difícil escolher. Vou pensar e depois saio com uma edição extraordinária.

Enquanto isso, livro a cara de vocês eheheheheheh

Imagem by Lua Weblog

segunda-feira, setembro 18, 2006


Uma das coisas bizarras que vejo por plagas brasileiras é o pseudo-puritanismo quando se trata das armas e hinos nacionais. Lá fora, o canto do hino, nas mais diversas formas, é estimulado. Vi um filme uma vez, do qual não recordo o nome, que um fantasma cantava o hino americano ao som estilizado de BB King. Mas aqui, basta uma pessoa dar uma entonação diferente, colocar emoção, que uma cambada de babacas se exalta dizendo que é uma afronta coisa e tal.

Falo isso por que amanhã, dia 19/09/2006, numa escola do interior do Rio Grande do Sul, será encenado um ato por crianças de 10 anos, de uma escola pública, onde o hino nacional brasileiro, aquela estória de "deitado eternamente em berço esplêndido" e "impávido colosso", será levado de forma teatral e criativa. Bastou isso para que uma turba de mal-comidas se manifestasse contra, inclusive com liminares etc. Muita histeria para pouco pirão.

A professora, valente e que não deixa uma boa briga, retrucou em juízo e vamos ver no que vai dar. Gostaria que meus amigos blogueiros se solidarizassem com essa pessoa do bem, que dá esperança a tantas crianças desamparadas, e divulgassem essa puta sacanagem que estão fazendo. Quem sabe assim alguns deixem de ser cretinos e se tornem mais brasileiros.

PS: Pessoal, não tem link nem nada para manifestar o agravo. Se só postarem o assunto em seus blogs com a imagem daqui já está valendo.

domingo, setembro 17, 2006

Assim como o Fome Zero e o fantástico e admirável espetáculo do crescimento, entre outros, o Programa Primeiro Emprego é mais uma balela criada pelo (des)governo. Porém, uma balela altamente rentável. Curiosamente 59% do repasse de verba federal foi parar nas mãos de ONG's Petistas. Coisa pouca, algo em torno de R$ 56 milhões. O que me chamou a atenção foi a quantidade de jovens capacitados por este magnífico programa. Exatos 62.992 jovens. Considerando o montante global repassado gastou-se mais ou menos R$ 1.550,00 com cada um. Sendo apenas 12.249 inseridos no mercado de trabalho. Apenas 20%. Por onde andarão os restantes?

O ministro do trabalho se defende dizendo que o repasse segue critérios técnicos e atende todas as "colorações políticas" (sic). "No nosso governo não há discriminação, todos são vermelhos perante a lei, mas uns mais vermelhos que outros", teria dito.

Será que estes sujeitos não se tocam que reduzindo os impostos seriam muito mais eficazes?

Nada como a irreverência e criatividade do carioca. Uma imagem vale mais do que mil palavras...

PS: O Ás de Copas não sou eu....

Foto (Ana Carolina/Folha)


Interessante como o poder deixa um sujeito macho. Lula, do alto de sua sabedoria sapiencial, chamou ACM de hamster e ACM Neto de anão. Tá bom que a "macheza" tem o intuito de alavancar a candidatura de seu cupincha ao governo do estado da Bahia. Na mesma balada conseguiu chamar Ney Suassuna de "leal" e "decente". Dentro da ótica distorcida do molusco ele até que tem razão. Ou então esses dois adjetivos devem ter algum significado oculto no dicionário do Aurélio.

sexta-feira, setembro 15, 2006

Essa é a equipe carioca de trekking "Os Primatas". Estão entre as 20 melhores equipes brasileiras e estão quase liderando o ranking carioca 2006. É a equipe do meu mano que está de camisa verde.

Boa sorte no brasileiro, brother!

PS: para saber o que é esse esporte vejam o link acima.

Pessoal, vou desfazer o mistério só pra descobrir quem é a P@t@. Tem uma cachaçaria aqui em Floripa, no Córrego Grande, lá no posto Ipiranga do condomínio Berman, chamado Armazém do Córrego. O local é muito legal, lembra muito um boteco e os donos são ótimas pessoas. Especialidade é a benvinda cachaça de todos os locais do Brasil, além de aperitivos apetitosos e um caldo de feijão e de abórora com gengibre que é de lamber os beiços. No dia 17/10 próximo fui escalado para fazer uma caldeirada de frutos do mar, minha especialidade, e servi-la aos presentes. Começa por volta das 20 horas. Convido aos meus amigos blogueiros, daqui ou que estiverem de passagem pela Ilha da Magia, para comparecerem e nos confraternizarmos.

PS: P@t@, agora é contigo, chega de mistério rs.

PS2: Caso a data mude aviso.

quinta-feira, setembro 14, 2006

Gushiken divulga nota "estranhando" a investigação do TCU. Estranho é o cara emprestar alguns mil reais ao Lula e sair com alguns milhões. Bela aplicação. Só no planalto central os juros são tão caridosos.

Air Force 51 enche a cara e, por estar sem condições de tráfego aéreo, retorna para casa. Isso impediu o Lula de participar de ato no Rio. Estranho é isso. Usar avião oficial para campanha. Espero que o ato interrompido seja benéfico para todos nós.

Suassuna achou um bode expiatório para o desvio das ambulâncias. Bode não, cabra. A sujeita disse que reproduziu a assinatura do senador. O que as pessoas não fazem por dinheiro....

terça-feira, setembro 12, 2006

Pessoal, amigos blogueiros, como todo cidadão empregado e pagador de impostos, mal utilizados por nossos (des)governantes, estou ralando como nunca. Peço desculpas por não visitar os amigos. Até final de semana me desafogo.

Ah! A referência ao meu aniversário foi apenas para matar a curiosidade da P@t@ (que bem que podia se revelar né). O mistério continua......

domingo, setembro 10, 2006

A propósito, faltam 113 dias para o meu aniversário.

Recebi um comentário em uma das estórias do Juarez, O Cabrito Montês. Uma coleção de depoimentos de crianças do fundamental de uma escola pública no Rio Grande do Sul. A professora que utilizou o texto me disse que o resultado foi muito bacana. Caso queiram conferir a estória é a do "Juarez e a Hidra de Lerna".

sábado, setembro 09, 2006

Brilhante explicação do Mestre Ozeas. Faço questão de reproduzir, na íntegra:

"Grande Ricardo, claro que pode responder civil e criminalmente por qualquer forma de atentado contra a honra de alguém. Ainda que seu Blog esteja alojado no exterior, você tem domicílio no Brasil e é perfeitamente revelado, ou por suas próprias indicações pessoais, ou por investigação de seu endereço via internet, o famoso IP. Quanto ao asilo político, tem lá suas vantagens, isso porque, caso tenha que haver alguma confirmação pessoal junto ao servidor, quanto mais longe nessas horas melhor. Alguns até usam do anonimato na România.Você responde de forma solidária com qualquer pessoa que comente no seu Blog, ainda que a pessoa post anonimamente, nesse caso, você segura tudo sozinho, é como se você assinasse embaixo o que foi escrito. No outro dia mesmo recebi um e-mail do Banco Real descredenciando um funcionário e suas opiniões transmitidas para o Blog, era uma notificação virtual. Como não conhecia a pessoa e, não estava com vontade de pagar para ver, ainda mais que poderia ser uma armação para eu responder por alguém que nem existisse, não me fiz de rogado, deletei o comentário. Por isso que não deixo comentários anônimos ofensivos lá em casa. Não é qualquer um que pode baixar o porrete no meu galinheiro."

No meu caso, quanto ao email do ABN-Real, eu baixei o cacete neles e mandei-os encher o saco da mamãe deles.

sexta-feira, setembro 08, 2006

Recebi email relatando um caso meio estranho. Um blogueiro de São José dos Campos foi processado pelo conteúdo ofensivo existente nos comentários do blog a um determinado sujeito. Fala um blábláblá grande sobre direito de imprensa e digital. Quem quiser ler na íntegra me passa o email que encaminho com prazer.

As questões que me vieram na cabeça foram:

1) Se o blog reside num servidor fora do país o proprietário poderia ser acionado pela lei brasileira?

2) Se tenho um blog fora do país posso pedir asilo político virtual?

3) Se um anônimo esculhamba com alguém tem culpa eu?

Com a palavra meus grandes amigos juristas.

quinta-feira, setembro 07, 2006


Lendo o Blog do Sombr4 me deparei com uma crise existencial que entendo comum a nós blogueiros. É a velha questão da audiência. As vezes, caprichamos no sarcasmo, postamos algo que acreditamos vai bombar e nada acontece. Outras vezes, colocamos uma pequena e despretensiosa nota e bumm! Acho que faz parte do jogo. Como o Sombr4 mesmo diz não devemos perder o foco no lado terapêutico de escrever e nos manifestar. O interessante é que muita gente nos visita e não comenta. Não entendo. Mesmo quando não estou inspirado me esforço para comentar sobre os posts que leio. Mesmo que fale bobagens como disse outro dia mas não é pessoal.

Então visitantes, anônimos e arredios, não sejam tímidos.



(Imagem do blog porta aberta de portugal)


Hoje diversos blogs estarão publicando a charge e texto aqui postado. Vai o texto e lá embaixo faço minhas considerações.

“Minha pátria é como se não fosse”.

Se o Poetinha estivesse aqui, reafirmaria sua vontade de chorar e a sensação de fragilidade infantil da nossa pátria.

Fragilidade sim, porque é escrava de seus filhos desavergonhados e, como mãe, ainda os acolhe e protege.

Nossos somos seus filhos e ela é infantil em sua incapacidade de compreender as correntes lodosas que a estão submergindo. Infantil na medida em que a maioria dos seus filhos é ignorante, cega e, por isso, muda, inerme. Infantil porque, diante da força de seus inimigos, encolhe-se e se esconde.

“Choro de saudades da minha pátria”.

Choramos todos diante da pátria aviltada, preterida em nome de ideólogos do caos esquerdista e seus lacaios, porque aqueles não existem sem esses. Pátria, pátria, onde estão seus filhos ridiculamente, lindamente verde-amarelos que trabalham por si? Foram todos levados, foram todos comprados pela maré vermelha?

“A minha pátria é desolação de caminhos, a minha pátria é terra sedenta...”

Nos versos do Poetinha a nossa contemporaneidade: o deserto, a morte, a falta de homens de bem, de homens corajosos à frente dos destinos da patriazinha indefesa, diante do fim da ética, morrida de morte matada por seus espúrios filhos que a renegam todos os dias em proveito próprio.

Nestes tristes versos, a sede da pátria amada. Sede de futuro, mas, principalmente de presente, de desenvolvimento agora, de seriedade agora, de justiça, agora. Sede de vergonha na cara para os seus filhos que assumem desavergonhadamente que a ética é lixo e, como tal, deve ser desprezada.

Acorda minha pátria!

Levanta do teu berço esplêndido e coloque o teu bloco de cidadãos na rua para derrotar a mentira contumaz, para expulsar os corruptores, os ladrões do seu sangue, do seu suor de suas esperanças.

Chega de libertas quae será tamen.

Queremos liberdade e moralidade hoje, neste que já foi o seu dia.

Levanta-te minha Pátria.

OBS.: os textos ente aspas são do poema Pátria Minha, de Vinícius de Moraes.

Desde que o Brasil foi descoberto somos alvo de exploração. Tudo que a terra dava era enviado para fora. As riquezas brasileiras serviram de corta-luz para o desenvolvimento de um enorme esquema para fins ignóbeis. Desvio de dinheiro público, apropriação indébita, corruptos e corruptores nasceram e se criaram. Depois de 502 anos o povo, representado pelo PT, subiu ao poder. Esperanças e expectativas foram depositadas sobre os ombros de um grupo de pessoas que nos últimos 20 anos foi o grande pé no saco das elites governantes deste país. Que sempre roubaram diga-se de passagem. Mas ao invés de quebrar o paradigma, para nossa surpresa, afloraram mil e um esquemas, incrivelmente primários, de corrupção. O príncipe virou sapo, e barbudo. Agora estamos a menos de um mês de re-eleger esta camarilha. Infelizmente nosso povo se tornou cínico a ponto de assumir a posição do "que se foda, todos roubam". Sinceramente não tenho a menor idéia de como mudar isso. Aqui no Jus Indignatus continuarei a manifestar minhas indignações contra os atos políticos, jurídicos e corriqueiros até me faltarem forças. Eu decido pela indepêndencia. De opinião. E liberdade, ainda que a tardinha!!!

terça-feira, setembro 05, 2006



Não, não é propaganda da cadeia fast-food. Participar não dói e é muito fácil. Categoria Best Weblog Portuguese. Vai que eu ganho uma incrível maquininha de fazer pum?

A nata de intelectuais da humanidade manifestaram seu apoio à candidatura de Heloisa Helena ao planalto. São mais de 250 desses seres extraordinários. Sobre-humanos do quilate como o lingüista e ativista americano Noam Chomsky, o sociólogo francês Michael Lowy, o cineasta britânico Ken Loach e o filósofo esloveno Slavoj Zizek. São intelectuais que todos conhecemos e de importante relevância para o andamento das coisas no Brasil o qual, sem eles, estaria na idade da pedra.

No bojo deste apoio entusiasmado publicaram um manifesto onde metem o pau em Lula por ter seguido "um típico curso social-liberal, desapontando milhões de pessoas que votaram nele com a esperança de mudança social e política radical e pessoas do mundo inteiro que esperavam do Brasil novo impulso à luta ant-iimperialista" (fonte Folha Online).

Deixa eu entender uma coisa. O "crème de la crème" da intelectualidade mundial levaram 4 anos para se manifestar sobre um assunto que era óbvio no segundo dia do mandato? (lembrem-se que no primeiro foi a festa da posse e bom imaginem que o estado de nosso impávido governante não devia ser dos melhores). Um fato que é de conhecimento público e repudiado por pessoas menos gabaritadas desde sempre?

Fiquei com algumas questões na cabeça que compartilho com vocês amigos blogueiros. Se o Brasil pretende ser uma potência mundial não se tornaria, desta forma, um país imperialista? Se Lula é contra o anti-imperialismo significa que ele quer ser imperador?

PS: Se um americano é anti-imperialista onde será que ele mora?

domingo, setembro 03, 2006

Uma das características mais marcantes da minha personalidade é o humor debochado. Sou daqueles que perde o amigo mas não perde a piada. Tudo com bom humor e sem maldade intriseca. As vezes me deparo com posts de amigos blogueiros propícios a comentários sacanas. Chego a me contorcer. Mas enfim. Só queria avisar, aos blogueiros que me honram com a visita, que caso leiam um comentário meu, meio bobão e escrachado, não levem para o lado pessoal ok?

Um dilema existencial. Recebi email de um site de imóveis me propondo colocar um link no meu blog e vice e versa. Já vi blogs que tem banners coisa e tal mas não sei se é de bom tom. Além de não estar ganhando nenhum mísero Real com isso. Se puderem me ajudar, dêm sua opinião.

Aproveito para divulgar novos blogs que estou visitando e que gostei: Estados Gerais, De Conversa em Conversa, Lata Mágica, As Filhas do Dono, Quieta em Meu Canto e o Kafé Roceiro. Se faltou alguém daqui a pouco eu lembro e completo a lista.

E por último, sendo bem pidão, peço, a quem se interessasse, para linkar o blog do Juarez, O Cabrito Montês, em seus respectivos. Queria realmente divulgá-lo mais. Tenho uma amiga, professora da rede pública, que o usou em um trabalho em uma de suas turmas e parece que o resultado foi bem bom.

Estou no Technorati.

Walter Carrilho é do Carralho. É ele p'ra presidente!

O Severino Cavalcante, aquele do "mensalinho", tentará seu quarto mandato como deputado fazendo corpo a corpo, porta a porta. Diz que não precisa da TV para se reeleger. Pode ser, mas somente se ele usar o poder financeiro, que ele disse à época do escândalo que não tinha, para conseguir tal feito. Se ele usar a estratégia molustica comprando votos, sim, quase certo. O que só vem a corroborar a tese que o brasileiro médio gosta de ser enganado.

Espero que esse sujeito seja tragado para as profundezas do inferno e seja esquecido pela história política deste país.

PQP. Me desculpem os patrulheiros. O, até então inabalável, ícone do fodão, o farol de todos os homens de minha geração, dos que estavam afim de pegar mulher, tropeça na "modernidade". O novo James Bond, com jeito de metrossexual que pra mim é um quase viado, revelou que gravou uma cena, para o próximo filme da série, onde ele beija um "bond boy". Bem que eu achei que o sujeito tinha jeito para bichice. Até Jonh Travolta foi pego com a boca (argh) na botija. Onde é que vamos parar...

Revisão das 20:15

Na verdade o filme onde Daniel Craig, duramente criticado quando escolhido para ser o novo 007, pois havia declarado não gostar de armas, das cenas de sexo e de luta, ou seja, tudo aquilo que faz o James Bond ícone dos fodões, beija outro cara não é da série 007. É um filme onde ele faz um assassino que, supostamente, era, sei lá algo, do Truman Capote.

sexta-feira, setembro 01, 2006

A Petrobrás, essa magnífica, caridosa e rica empresa, pagou a primeira parcela de um imposto, adicional, fixado na nacionalização dos hidrocarbonetos pelo governo da Bolóvia. Junto com mais duas outras empresas do setor pagou o equivalente a US$ 32,3 milhões, correspondente, em moeda corrente local, a um número astronomicamente alto de patacas para caber nesse singelo e despretensioso post. Tudo isso deve ajudar o (des)governo de lá a recuperar o prestígio junto ao povo bolóviano, esse povo sofrido e trouxa. O indice de audiência caiu de 81% em março para 61% em agosto. Deve ser o recorde mundial para início de uma gestão. Como é uma novela mexicana de péssima qualidade (seria um pleonasmo?) o Evil Imorales está recorrendo aos diretores das novelas da Vênus Platinada para melhorar seu Ibope. Essa ajuda brasileira faz parte do pacote salvador "toma-lá-dá-cá" celebrado entre a Globopar e o BNDES.

Aguardem as cenas dos próximos capítulos.

Até que enfim uma ação contra os terroristas do PCC. Vejam a notícia aqui e aqui.

Na ação prenderam o responsável pelo assalto ao BC de Fortaleza. E ainda arrestaram os bens, casas, carros, apartamentos, contas bancárias, papagaios e periquitos.

Só posso parabenizar a PF pelo feito. Só espero que nenhum juiz retardado do STF libere os caras por alguma razão metafísica. Aliás, é a tônica da justissia. A PF e os juizes de primeira instância fazem o dever de casa, juntam as provas etc. Daí, algum lumiar e prócer do direito, sem ler os autos e verificar as provas, simplesmente libera os meliantes. Tem sido assim em todas ações da PF. Ou é descaso ou algum motivo subterrâneo

PIB cresce 0,5% no segundo trimestre. A desculpa é a Copa do Mundo. E a greve da receita que criou um gargalo nas exportações. Nada a ver com a carga tributária ou com as taxas de juros imorais praticadas. O Guido Mantegna piscava que nem pisca-alerta quando tentava explicar o inexplicável, afinal países aqui do lado crescem 5%, 6% ao ano. Fomos melhores apenas que o Equador. Até a Bolóvia foi melhor que o Brasil.

Mesmo com esse resultado desastroso o (des)governo insiste que a meta de 4% será alcançada. Só se houver chuncho. Talvez mudando o IBGE de cabo a rabo. Afinal eles quebraram o Fome Zero, detonaram a carga tributária e derrubaram o crescimento.

E infelizmente teremos que aguentar esta cambada por ainda 4 anos.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics