quinta-feira, dezembro 07, 2006


Li, no blog do Davi, a respeito da teoria do mínimo carta a respeito do caos aéreo nacional - CAN. Na admiração que este sujeito tem, pelo matusalêmico ministro da defesa, insinua que tudo não passa de um suposto golpe dos militares para desestabilizar o dilúvico chefe no momento em que há um troca-troca de gabinete. Como sempre uma pérola da sabedoria italiana.

Teoria por teoria apresento então a minha. O jurássico comandante das hostes militares foi indicado por ter exatamente a qualidade que se espera de um (des)governante petista. Completo e total desconhecimento dos fatos. Considerando que Hugo Chavez, cujo avião pousou dentro do horário previsto, almeja a conquista da latrino-américa pelas armas, a existência de um cego-surdo-mudo (com todo respeito aos portadores de necessidades especiais aqui descritos) no comando das belicosas forças brasileiras seria perfeito. A Venezuela invadiria o Brasil e Waldir "O Homem que conheceu Adão" Pires só se daria conta quando entrassem no seu gabinete em Brasília. mínimo carta defende a permanência do ministro por estar macomunado com os obscuros poderes bolivarianos.


(Este post é dedicado a todos os fãs do inesquecível Maxwell Smart - o Agente 86 e sua luta incansável contra as forças da Kaos)

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics