terça-feira, outubro 31, 2006


Encerrado o pleito, contado os votos e definido os vencedores temos agora que decidir o que fazer pelos próximos 4 anos. Alguns blogueiros jogaram a toalha outros estão se preparando para a resistência. Não sou muito adepto deste tipo de polarização. Acredito sim que devamos continuar a apontar as falcatruas, lutar pela ética e botar a boca no trombone.

Mas, curiosamente, a reação petista, à vitória, me faz pensar que a auto-estima deles estava bem lá no fundo do poço. Não é pra menos, considerando as trapalhadas indenfensáveis que seus líderes andaram fazendo. Desde que comecei este blog não li, em nenhum lugar, notas a respeito das pilantragens cometidas acrescidas de epitetos correlatos. Nada de filho da puta, piranha, puta, escroto. Nenhum palavrão. Nada. Jogamos duro mas jogamos com "fair play". Agora, as coisas que tenho lido por aí, postados anonimamente nos comentários, são de uma cretinice sem tamanho. Lembram muito a reação de alguma torcida, de timeco da 18° divisão, que ganha um campeonato importante com gol de mão aos 49 do segundo tempo.

Não só xingamentos, como os que li no blog da Saramar e da Magui. Mas também ameaças enviadas por email. O que define bem o que é a esquerda brasileira. Intolerante, boçal, estúpida e retrógrada. Este comportamente me preocupa. Demonstrando que não conseguem combater as idéias contrárias com suas próprias até onde podem ir?

Se querem discutir, sem problemas. Estamos aqui pra isso mesmo. Mas o façamos com idéias. Xingar é muito fácil.

O título deste post poderá ser postado em blogagem coletiva pelos amigos deste blog que são contra a intolerância de idéias e liberdade de expressão.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics