terça-feira, outubro 03, 2006

Depois de tomar uma bola nas costas, fruto de sua arrogância, Lula quer debate sobre ética. Apesar de ter todas as oportunidades de explicar o inexplicável, prender os "imprendíveis"e reger o maravilhoso, e etéreo, espetáculo do crescimento, Lula procurou, durante todo o processo eleitoral, se esconder atrás da amnésia e desconhecimento. "Não sabia" será seu epitáfio.

Mas segundo turno é outra eleição. Fico imaginando aqui que alianças espúrias serão tramadas por baixo dos panos para eleger um ou outro. Collor se abraçar a Lula é impagável. Com o PMDB como fiel da balança Alckmin vai ter que rebolar para convencê-los. Nada que uns ministérios não resolvam.

E cá entre nós, um debate sobre ética, vinda de quem vem e nessa altura do campeonato, é pra lá de bizarro.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics