domingo, setembro 17, 2006

Assim como o Fome Zero e o fantástico e admirável espetáculo do crescimento, entre outros, o Programa Primeiro Emprego é mais uma balela criada pelo (des)governo. Porém, uma balela altamente rentável. Curiosamente 59% do repasse de verba federal foi parar nas mãos de ONG's Petistas. Coisa pouca, algo em torno de R$ 56 milhões. O que me chamou a atenção foi a quantidade de jovens capacitados por este magnífico programa. Exatos 62.992 jovens. Considerando o montante global repassado gastou-se mais ou menos R$ 1.550,00 com cada um. Sendo apenas 12.249 inseridos no mercado de trabalho. Apenas 20%. Por onde andarão os restantes?

O ministro do trabalho se defende dizendo que o repasse segue critérios técnicos e atende todas as "colorações políticas" (sic). "No nosso governo não há discriminação, todos são vermelhos perante a lei, mas uns mais vermelhos que outros", teria dito.

Será que estes sujeitos não se tocam que reduzindo os impostos seriam muito mais eficazes?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics