terça-feira, agosto 29, 2006

Leio, no excelente blog Jus Sperniandi, post sobre as urnas eletrônicas. Fiquei pasmo, aturdido, boquiaberto mesmo, em constatar que um sistema que define o destino de 180 milhões de pessoas, eu incluso, nunca foi auditado. Conforme ofício do dono da coisa, nunca. Nem pelo TSE nem por partido nenhum. No mínimo tem marreta aí. Ou descaso. Não é pra menos que só aqui se confia nessa josta. Tudo para agilizar o pleito e todos irem para a praia.

Leiam mais no blog do Dr. Ilton.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics