quinta-feira, agosto 24, 2006

Da série "Os amantes dos animais que me perdoem". Cientistas australianos tentam, desesperadamente, salvar tubarões da espécie mangona. Por canibalismo, ainda no útero da mamãe, este fofusco esquálido está em vias de extinção. A idéia é criar um útero artificial para salvar os pequenos comedores de gente.

Assim, vão gastar uma baba preta para salvar um tubarão. No mínimo alguns milhões. Enquanto isso, nós humanos continuamos sem saber como curar o câncer, a AIDS e o alzheimer. Milhões de crianças morrem por inanição. E por aí vai.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics