quarta-feira, agosto 23, 2006

Os amantes do animais que me perdoem. Li uma reportagem, aqui no jornal local, onde falam maravilhas de um casal, ela médica e ele micro-empresário, que cuidam de 110 cães. Isso mesmo. Adotaram 110 produtores de cocô e baba. Gastam uma grana (cerca de R$ 1.800,00) por mês com ração. O bizarro, para não dizer babaquice, é que eles tratam os cachorros como se fossem filhos. Inclusive com lindos e tocantes nomes.

Vá lá que adotar um ou dois cães seja razoável. Mas 110 é ridículo.

Fico matutando que no fundo o casal mimoso não quer é responsabilidade. Por quê não adotam crianças então? Aparentemente pode ser um gesto nobre. Mas pra mim é de uma pobreza de espírito enorme.

Muito mais elogioso é a atitude de um casal que adotou uma penca de filhos e tentam, da melhor maneira possível, educá-los.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics