quarta-feira, agosto 02, 2006


Esse mês teremos a apresentação do espetáculo "Saltimbanco" do Cirque du Soleil. Este grupo dispensa apresentações. Mas o que tem intrigado alguns blogueiros é a razão do por quê que eles, que são canadenses, estão sendo beneficiados pela Lei Rouanet, lei brasileira de incentivo a cultura.

A situação é meio bizarra, mas não ilegal. A lei permite que atividades culturais recebam patrocínios e doações de empresas e pessoas, que poderão abater, ainda que parcialmente, os benefícios concedidos do Imposto de Renda devido. Então a Visa, a TAM e o Bradesco investem no espetáculo e abatem do IR. Não é que seja dinheiro público. Na verdade o governo renuncia de uma parte da arrecadação. Ponto.

Claro que o projeto deve trazer benefícios para a população. Além de incrementar a produção, a Lei se destina a democratizar o acesso da população a bens culturais. Mecanismos que facilitem este acesso (ingressos a preços populares ou entradas gratuitas em espetáculos, distribuição de livros para bibliotecas, exposições de artes abertas etc) são fundamentais para o cumprimento desta finalidade.

Aí que eu vejo a ilegalidade, para não dizer outra coisa. Ingressos a R$ 300,00, muito mais caro que na Disney que custa meros 40 pilas, não é nada popular. Eu quero minha gratuidade!!!

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics