sábado, agosto 19, 2006

Estudo canadense descobre que mulheres turbinadas tem 73% mais chance de cometer suicídio do que as que não tiveram grana para implantar a protese mamária. Além disso, outros estudos já observaram que, entre mulheres siliconadas, é freqüente a incidência de baixa auto-estima, depressão e outras desordens psiquiátricas.

Peraí, a mulher aumenta os seios, fica com um baita air-bag e mesmo assim tem baixa auto-estima e tendência suicida? Existirá então uma relação entre a quantidade de silicone e a vontade de se matar? Eram os deuses astronautas?

Não entendo mais nada.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics