segunda-feira, agosto 28, 2006

Leio, na Folha Online, que Lula, em encontro com intelectuais na capital paulista, proferiu a seguinte pérola: "Nós enfrentamos no ano passado uma crise sem precedentes na história desse país (mensalão). Não vamos discutir se isso era verdade ou se era mentira. A questão é que era uma crise".

Sim, tivemos uma crise de cegueira e amnésia. Que tipo de intelectual ouve uma bobagem dessas e não fala nada? Seria uma reunião de clones, mal-acabados e adoradores da manipulação de esterco, do José Abreu, Paulo Betty (não resisti ao trocadilho) e Wagner Tanso (é esse o nome da zêmula?)?

E dedicou parte de seu discurso a defender seu governo e prometer um segundo mandato melhor que o primeiro, mais comprometido com o desenvolvimento. Bom, pelo padrão do primeiro mandato até um semi-analfabeto, filho de mãe nascida analfabeta, consegue fazer melhor....

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics