domingo, julho 30, 2006

Ataque israelense mata 37 crianças. Esse é o saldo do descaso dos EUA com a barbaridade que está acontecendo no Oriente Médio.

"Sinto-me profundamente decepcionado com o fato de que meus apelos para um cessar imediato das hostilidades não foram atendidos", declarou Kofi Annan. E a secretária-de-estado Arroz de Condolências teve uma reunião de emergência com estadistas israelenses. Nessa reunião foi comunicada que precisam de mais uns 10/15 dias para finalizar a ofensiva. "Ah, poxa, darlings, não pode ser até quarta-feira? Ah Shimonzinho quebra meu galho aí, please...". Um país, que se diz a polícia do mundo, novamente passa a mão na cabeça de seu filho.

Quero ver se começarem a explodir as congregações israelitas ao redor do mundo. Quantos inocentes terão que morrer (de novo)?

PS: Pensando com meus botões concluí que o ataque aos civis de Qana só pode ser uma maneira que os falcões israelenses (e aliados) encontraram para fazer a guerra perder o rumo de vez.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics