quarta-feira, maio 31, 2006

PIB sobe 1,4% no primeiro trimestre de 2006. Seria uma ótima notícia se uma obviedade não fosse inerente ao fato. Com a injeção de grana, que o (des)governo fez no início deste ano liberando dotações orçamentárias represadas no ano passado, seria impossível o PIB não subir. E, outro fato, que deve ajudar o crescimento do PIB no segundo trimestre serão os aumentos do funcionalismo que Lula está canetando, com uma fúria de copiadora, até o final de junho. Injetar mais de R$ 3 bilhões com certeza tem impacto positivo na economia.

Por isso muita atenção nesse tipo de notícia.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics