terça-feira, maio 09, 2006

Como todo político, o Rosinho não dá ponto sem nó. Ele está se aproveitando que se tornou garotinho-propaganda da Vida'sbelt. Essas cápsulas extraordinárias permitem que você emagreça até 12 kg sem sair de casa. Tudo isso amparado por mais de 30 anos de pesquisas na Europa (talvez por cientistas britânicos). Essa greve de fome é tudo onda, dizem que a grana envolvida no patrocínio beira os milhões de euros. Daria de sobra para se aposentar.

Por falar nisso, quem é que vai pagar a conta da viagem internacional, que dois deputados federais do PMDB carioca, fizeram para pedir à OEA e a Fundação Jimmy Carter que fiscalize as eleições brasileiras? O que, aliás, é uma palhaçada, pois deve ser a primeira vez, na história, que um país, com todos os mecanismos democráticos em funcionamento mesmo que capengas, precisaria deste tipo de supervisão. Só um sujeito paranóico com surtos de esquizofrenia, pois afinal um homem feito fazer papel de "garotinho" só pode ter dupla e conflituosa personalidade, para forçar a barra com isso.

Espero mesmo que ele seja alijado definitivamente do cenário político e volte ao esgoto do qual nunca deveria ter saído.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics