sexta-feira, abril 21, 2006

O seu presidente, em discurso anteontem em Porto Alegre, afirmou que o Brasil "não está longe de atingir a perfeição no tratamento de saúde". Realmente. Não estamos longe da perfeição em incompetência no âmbito da sáude pública. Será que ele não sabe que a ANVISA está há quase dois meses em greve compromentendo centenas ou milhares de pessoas que precisam de medicamentos liberados pelo órgão? Será que ele não sabe que o hospital Gaffrée e Guinle, referência, no Rio, em tratamento para AIDS, está nas últimas (leiam a íntegra da situação no Jornal O Globo aqui)? E o tempo de espera para cirurgias urgentes onde, no SUS, o paciente morre antes de sequer fazer os exames pré-cirúrgicos? E a falta de leitos de UTI? E os desvios de dinheiro público que deveriam criar postos de saúde e pequenos hospitais municipais por esse Brasil a fora? E o tal CPMF que vai pro buraco negro do mensalão?

Aliás, ele não saber de nada não é surpresa. Ele nunca sabe nada mesmo. Mas isso já é chacota.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics