quinta-feira, abril 06, 2006

Leio na Folha On Line que seu presidente Lula disse que "não pode errar em sua política de desevolvimento do Brasil, pois quando deixar de ser presidente ainda viverá no País, em São Bernardo do Campo (SP)". Afirmou ainda que, ao contrário de outros ex-presidentes, "não adianta me oferecer emprego fora. No BID. Eu não posso errar".

Caraca o cara tá delirando. Alguém acredita que iriam convidá-lo para trabalhar, algo que não tem nem mais idéia do que é, em algum organismo internacional? Ou ele está se oferecendo ao BID, sinal que a situação re-eleitoral dele não é lá muito alvissareira (aleluia, aleluia)?

E, claro, ele não erra por que não faz.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics