sábado, março 04, 2006

Leio no blog PortugalAlive da Daniela Mann (é publicado em inglês mas imagino que seja por que está dentro da União Européia), que a UE está destinando 500 milhões de euros por ano para ajudar na realocação de mão-de-obra afetadas pela globalização. Como lá é o velho mundo, sendo uma união de países rígidos em seus controles, com certeza esse programa terá seu dinheiro chegando ao destino e não como aqui, onde tudo é desviado.

Outra coisa interessante é que Portugal está investindo numa licitação interncional para o fornecimento de geradores de energia eólica. O objetivo é gerar energia suficiente para abastecer 750.000 casas. Não tenho idéia do tamanho do investimento nem da lisura do processo, pois afinal a corrupção não é invenção brasileira. Depois dizem que português é burro.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics