segunda-feira, março 27, 2006

No final das contas quem se deu mal mesmo foi o coitado do pai biológico do Francenildo. Queria um acordo para não ter sua paternidade, e escapulida, revelada e virou caso nacional. Imagino que os filhos e a mulher oficial devem estar baixando o sarrafo no coitado.

Vale também refletir que, se fosse em outro governo, onde ocorressem tantos desvios éticos, como caixa 2 e o escambau, se o PT não iria convocar a luta armada contra o governo. Vale pensar também na chacota que a Ideli Salvati, a quem confesso dei meu voto na última eleição (mea culpa, mea maxima culpa), quer transformar a quebra do sigilo. Dizer que extrato bancário pode ser extraviado e achado por qualquer um é julgar que somos todos uns imbecis.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics