domingo, fevereiro 12, 2006

Lembram daquela dinheirama apreendida pela PF nas mãos de um bispo-deputado da IURD? Pois é, o Edir Macedo propôs, e o STF concordou, em trocar essa grana por um imóvel até que as investigações, pela morosidade habitual da justissia, se concluam. Alegaram que a PF não tem estrutura para manusear o volume de dinheiro. Apesar de ter sido julgado por um dos ministros do STF deve ter o dedo do Nelson Jobim nessa jogada. Afinal voto é voto.

Melhor ainda, a IURD faz caixa, passa um imóvel mico pro governo, a IURD é condenada sabe Deus lá quando, o governo leiloa o imóvel que é comprado, a preço de banana, por "laranjas" da própria IURD e nós pagamos a conta. E la nave và.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics