quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Inspirado em seu presidente Lula, Evo Morales está promovendo, através de sua chancelaria, a diplomacia da Coca. Não, não se trata de uma aproximação com os Estados Unidos através da instalação de uma fábrica daquele refrigerante mundialmente famoso e sim da folha de coca mesmo. Aquela que fabricam a cocaína. Um aviso ao Evito, a Colômbia já faz isso há décadas. E não está dando muito certo. Choquehuanca, o novo chanceler, que deve ser um wookie pelo nome, acredita que possa salvar o mundo através da coca. Lula tentou isso através da cachaça e não deu muito certo.

A conferir.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics