segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Saiu uma compilação de atitudes éticas empresariais, são elas:

1 - Não solicitarás brindes ou vantagens pessoais a fornecedores (salvo se for funcionário público ou congressista, variando assim o valor do óbulo a ser solicitado para facilitar as coisas);

2 - Não utilizarás o e-mail da empresa para fins pessoais (salvo se for para meter o pau na oposição e difundir a idéia de que o PT é um bom governo);

3 - Não manterás relacionamentos amorosos com subordinados (desde que não seja mãe, prima, irmã ou esposa de correligionário político ou superior hierárquico, o resto tá valendo);

4 - Não divulgarás informações confidenciais para concorrentes ou para a imprensa (salvo se for uma licitação pública de interesse nacional e de grande valor);

5 - Não aceitarás convites para bares, shows e outras formas de entretenimento de clientes e fornecedores (a não ser que seja show de dupla sertaneja e patrocinada pelo Banco do Brasil ou PT) ;

6 - Não oferecerás vantagens nem propina a servidores públicos ou clientes em troca de benefícios para a empresa (vide observação ao código de ética número 1);

7 - Não farás campanha política dentro da empresa nem realizarás doações ilegais a candidatos (salvo se tiver certeza que seu candidato será o vencedor ou estiver completamente iludido em relação às qualidades dos atuais);

8- Não empregarás parentes em sua unidade ou departamentos correlatos (não aplicável aos poderes legislativo, judiciário e executivo);

9 - Não aceitarás presentes caros (nada que custe mais de US$ 10 milhões será tolerado);

10 - Não tolerarás assédio ou preconceito dentro da empresa (não só não tolerarás como também não chiarás se for alvo de preconceito).

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics