terça-feira, fevereiro 07, 2006

E não que a crítica foi aceita? Foi só o FMI mandar bala contra o nível de imposto que o seu presidente, num gesto magnânimo, acatou a sugestão.

Baixou um pacote para incentivar o setor de construção civil e facilitar a compra de imóveis por meio da redução de impostos e o aumento da oferta de crédito para os compradores. Além disso, o governo decidiu zerar o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) de 13 itens de uma cesta básica da construção civil e reduzir para 5% o IPI de outros 28 produtos que tinham alíquota igual ou superior a 10%. Já o imposto de importação do cimento foi zerado. (fonte Folha On Line)

É dando que se recebe.....

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics