quarta-feira, outubro 19, 2005

Caraca, que viagem dos infernos tive nesta semana. Em dois dias foram quase 8 horas de atrasos em vôos, além de extraviarem minha bagagem. Não entendo como uma empresa, que é um dos ícones brasileiros, consegue chegar numa situação tão ruim. Vá lá que a Fundação Ruben Berta é osso duro de roer, mas deixarem ir a Varig para o buraco por vaidade e egoísmo é uma puta sacanagem. Fico imaginando quão difícil deve ser reestruturá-la.

Mas enfim, enquanto seu lobo não vem, evitem despacharem sua bagagem, peguem vôos no meio do dia pois com certeza irão chegar bem tarde no destino, se chegarem e, principalmente, se munam de paciência se não conseguirem evitar vôos noturnos ou muito cedo. (ontem meu vôo que era para chegar às 23:40 em Floripa foi sair de São Paulo às 00:30). (dica: caso cheguem no balcão da companhia e seja informado que o vôo está atrasado insistam que seu bilhete seja endossado para outra companhia, foi assim que consegui evitar duas horas de atarso entre Brasília e Salvador)

E aos juristas que aqui frequentam peço a gentileza de me iluminarem para não deixar o inferno que passei barato, pois até agora não acharam minha bagagem e nunca mais vou recuperar as horas perdidas em aeroportos.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics