sexta-feira, outubro 14, 2005

Nada como um mistério para incrementar a vida da gente. Melhor do que assistir novela, os "causos" e lances da vida política são uma fonte inesgotável de surpresas. Nesse (des)governo então nem se fala. O caso da morte do legista em São Paulo é digno de Agatha Cristhie ou Conan Doyle. Pena que não tenhamos um Hercule Poirot ou um Sherlock Holmes. Gostaria muito de ver esse intricado caso desvendado por eles. Quem serão os Moriarties?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics