terça-feira, outubro 25, 2005

Li a reportagem, publicada este mês na Você S.A., a respeito da experiência que viveu um empresário negociando a vida do filho vítima de um sequestro. Tirando a estória, que é triste realidade em nosso cotidiano e as lições apresentadas, fiquei admirado, de forma digamos negativa, com o missivista.

Primeiro, gastou U$ 50.000,00 no resgate, reduzindo 95% do valor original pedido. Fantástico desconto. Mas, ao longo do texto, faz uma propaganda danada de suas qualidades como negociador etc etc. Considerando a situação que viveu achei meio escroto ele se aproveitar. Se bem que, com os exemplos que temos em nosso país, não é de se admirar.

Com certeza teremos um novo "show man" na praça, cobrando os olhos da cara por suas palestras. E mais certeza ainda é que já recuperou o prejuízo.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics