sexta-feira, outubro 28, 2005

Pelo visto colocar apadrinhados no STF está rendendo bons frutos ao (des)governo. Situação embaraçosa e preocupante, haja vista a suposta independência dos poderes. Leio no blog do Josias de Souza, da Folha on line, uma passagem interessante:

"Nesse ritmo, convém a Calheiros e a Aldo Rebelo (PC do B-SP), o presidente da Câmara, consultar o Supremo sempre que estiverem na iminência de tomar alguma decisão relevante. Vai ficando claro que os poderes são independentes, mas quem manda é o Supremo."

Vá lá que a corja que habita o congresso merece cadeia, mas ser alvo de ingerências, mesmo quando encaminha causas relevantes, é abuso.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics