quarta-feira, outubro 19, 2005

E agora lá vem a Wilma. O furacão mais poderoso já registrado nas história das tempestades do atlântico. Este furacão deve dar uma guinada de 90º após entrar no Golfo do México, com ventos de mais de 280 km/h, com destino à Flórida. O governador e irmão do presidente, Jeb Bush reagiu dizendo: -"Por que isso acontece conosco?".

Elementar meu caro primeiro-irmão, os EUA são responsáveis principais pela emissão de poluentes, ignoram solenemente as leis da natureza, tem uma atitude de "que se foda a humanidade se a farinha é pouca, meu pirão primeiro". Se no Brasil a amazônia mingua por falta d'água e o sul do país sofre com tempestades, ciclones e afins, nada mais justo que paguem por isso.

Ou então, é uma saída para a economia interna deles. Afinal, são bilhões de doletas de prejuízo, impulsionando a industria de construção civil etc.

Pena que quem paga no final das contas são os pobres deles. Mas como a mãe do Bush diz que os pobres estadunidenses ficaram em melhor situação depois do Katrina, que tal aproveitar a oportunidade e enviar os nossos pobres para lá para se darem bem também?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics