terça-feira, outubro 04, 2005

Que o ser humano é idiota todos sabem. Temos inúmeros casos que comprovam essa ingenuidade crônica que beira a imbecilidade. Emails maliciosos, onde sempre alguém clica no que não deve ou fornece senha de conta em banco e por aí vai. Tem um "case" clássico de estupidez. Alguém lembra da estória (obviamente nos estados unidos) do sujeito que convenceu 63 seres humanos que eles eram ET's e que deveriam se matar para encontrar, com uma nave espacial, que estava a reboque de um cometa? Pois é...

Mas o caso agora é outro. Li no Globo online que uma estadunidense, do Oregon, está processando seu médico, em US$ 4 milhões, por tê-la comido, no sentido bíblico, como parte de um tratamento para uma dor nas costas. Risadas a parte cabe perguntar: Foi bom pra ela? E qual é a posição indicada para este tipo de tratamento? E, afinal, passou a tal dor???

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics