segunda-feira, setembro 12, 2005

O Carrefour está sendo processado, sujeito à multa, por discriminar gordos, baixos, homossexuais, portadores de HIV, mães solteiras ou com filhos pequenos e mulheres com seios grandes. Não é de hoje que essa rede francesa é enrolada com processos por violar direitos trabalhistas e civis. O melhor que multar é simplesmente não comprar em lojas da rede. Nada como perder clientes para punir os maus empresários.

Fica aí a sugestão.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics